ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

01-Carlos Alberto (Pb)

01-Lamarck Ribeiro

02-Kézya Lopes

03-Mª Júlia (E. Sátiro)

03-Albiana Alves

05-Fábio Lima

05-Saullo Vinicius (E. Sátiro)

05-Débora Thamyres

07-André Augusto

07-Anna Júlia

08-Mª da Conceição

Reuniões administrativas final de ano

13/12 – Reunião do Conselho Eclesiástico;

21/12 – Confecção Calendário 2019;

23/12 (M) - Assembleia da Igreja (homologação diretorias, recepção membros e separação para o oficialato )  

 

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO: o nosso jantar de confraternização será no dia 31/12, logo após o culto de final de ano. O culto será no horário das 21 às 23h, seguindo-se o jantar, que será no estilo americano. O Pb. Evandro José será o coordenador desse evento.

Tamanho da letra:

 

 A Habitação do Espírito no Crente (Pr. Eudes)

     No dia em que o homem, pela graça de Deus, tem a felicidade de crer em Jesus Cristo e aceitá-lo como salvador pessoal, o Espírito de Deus lhe é dado como penhor de sua eterna redenção. “Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão de Deus, para louvor da sua glória” Ef. 1.13,14. A partir daí passa o Espírito do Senhor a habitar permanentemente dentro dele. “E, porque sois filhos, Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho, que clama: Abba, Pai” Gl 4.6.

      Esse dom de Deus é uma das coisas preciosas que acompanham a obra redentora no crente, pois o salvo passa a ser santuário de Deus. “Não sabeis vós que sois templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós”? 1 Co 3.16. Habitado pelo Espírito de Deus, o salvo passa a gozar de inúmeras bênçãos espirituais pela poderosa ação do Espírito de Deus. Essa habitação é de caráter permanente, independente da vontade e dos atos de quem a possui, uma vez que os dons e a vocação de Deus são sem arrependimento (Rm 11.29), e ela está firmada na fidelidade de Deus (2 Tm 2.13).

     Mas é bom esclarecer que essa habitação do Espirito impinge no homem uma grande responsabilidade de conservar santo, separado do pecado, o lugar onde o Espírito de Deus habita. “Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo” 1 Co 3.16,17. No programa divino é dito que o crente foi comprado e que não se pertence mais a si mesmo e sim ao Senhor. “Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus”.1 Co 6.19,20.

    Assim sendo, conservemo-nos santos para que Deus se sinta confortável em nosso ser.

 (Pr. Eudes)