ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

20-Otília de Araújo

20-Ednaldo Soares

21-Karina Ribeiro (E. Satiro)

24- Pr. Jedaías Rodrigues

25-Juzirene Santiago (E. Sátiro)

ANIVERSÁRIO DA ALIANÇA: No próximo sábado, dia 25/08, a partir das 18h, teremos no templo do Betel Brasileiro, no Alto do Mateus, o culto de celebração ao Senhor pelos 51 anos de organização de nossa Denominação (Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil). Os cultos distritais já foram realizados e esse do dia 25 é a comemoração nacional. Sairá um ônibus de nossa Igreja às 17.30h para levar os irmãos para participarem dessa festividade. Leve R$ 5,00 para ajudar pagar o aluguel do ônibus.

Tamanho da letra:

Uma palavra oportuna

    A gratidão é um sentimento que deve ocupar o coração da pessoa todas as vezes que ela for objeto da bondade ou da misericórdia de alguém. Temos o exemplo desse bendito sentimento no episódio da cura dos dez leprosos relatado no Evangelho de Lucas (17.11-18). Dez leprosos buscaram a Jesus e foram curados por Ele, mas só um deles voltou para manifestar a sua gratidão ao Senhor que o curara. Deus sentiu a ingratidão dos nove que foram curados e não voltaram para agradecer.

    Pelo texto citado podemos observar que o sentimento de gratidão agrada a Deus, pois o samaritano que fora curado junto com os dez foi contemplado com uma benção maior que recebera, que foi a salvação da sua alma.

   Amados, não nos esqueçamos de agradecer a Deus por todas as bênçãos que Ele graciosamente nos tem dispensado, através de nosso Senhor Jesus Cristo, tanto na área espiritual como na área material, pois tudo vem dEle para nós. “... Ninguém pode receber coisa alguma se do Céu não lhe for dada” Jo 3.27. (Veja ainda Tg 1.17).

    Sejamos gratos também, irmãos, àquelas pessoas que foram e estão sendo usadas por Deus para nos abençoar em qualquer área da vida. Quantas ingratidões nessa área! As pessoas são ajudadas, agraciadas e, no entanto, no primeiro desencontro de opiniões ou confronto que é comum numa comunidade se esquece de todos os benefícios que recebeu e fala mal de quem o ajudou ou pior ainda toma atitudes para prejudicá-lo. Aqui vai uma sugestão: agradeça ao seu cônjuge, aos seus filhos, agradeça a quem Deus colocou sobre você no seu trabalho, na Igreja, etc.

    Agradeçamos a Deus por tudo, não só por bênçãos, mas também por dificuldades enfrentadas. “Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco” 1 Ts 5.18.Pr. Eudes L. Cavalcanti