ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

17-Jair Costa (J. Américo)

18-Emília Lopes (E. Sátiro)

19-Enoque Monteiro

20-Ana Gabrielly (E. Sátiro)

20-Djanilson Rodrigues

23-Pb. Valdenor Torres

CESTA DO AMOR: Colabore com a Cesta do Amor trazendo um quilo de alimento não perecível (feijão, arroz, macarrão, fubá, etc). Esses mantimentos comporão as cestas básicas para distribuição aos que estão enfrentando necessidades dentro e fora da nossa Igreja.  A beneficência é um dos ministérios da Igreja, e tem o agrado de Deus (Leia Hb 13.16).

Tamanho da letra:

Uma pergunta inquietante

 

Os profetas na Bíblia dividem-se em dois grupos: os profetas escritores ou da escrita, que escreveram os livros canônicos (Isaías, Jeremias, Ezequiel, Daniel... Malaquias) e os profetas da palavra ou não escritores (Elias, Eliseu, Natã, Micaías, etc).

Os profetas entravam em ação na vida do povo de Deus quando a vida espiritual do mesmo se degradava. Quando isso acontecia Deus graciosamente levantava homens cheios do Espírito para falar ao povo em Seu nome. Dentre esses homens se destacou Elias o tisbita, que profetizou no Reino do Norte chamado também de Reino de Israel (10 tribos, capital Samaria), para diferençar do Reino de Judá, chamado de Reino do Sul (02 tribos – Judá e Benjamim).

O Reino do Norte estava sendo governado por Acabe, que tinha por mulher Jezabel, famosa pela sua impiedade e que controlava a vida do marido. Quando o reino de Israel começou a se afundar na idolatria Elias apareceu no cenário para advertir a esse Reino. Deus usou poderosamente Elias na ministração de Sua palavra e em manifestações miraculosas. O grande momento na vida de Elias foi quando ele desafiou os quatrocentos e cinquenta profetas de Baal para uma batalha espiritual e os venceu no monte Carmelo. O desafio de Elias foi que, o Deus que respondesse com fogo sobre o holocausto esse seria o verdadeiro Deus. O Deus dos Céus respondeu com fogo a oração do profeta Elias e consumiu o holocausto enquanto a oração dos profetas de Baal caiu no vazio, pois Baal nunca foi Deus. O povo que presenciara o desafio adorou a Deus proclamando por duas vezes: “Só o Senhor é Deus”. Por ordem de Elias os falsos profetas foram mortos no Ribeiro de Quison, próximo ao Carmelo. (1 Rs 18.22-40).

 

Jezabel quando soube da derrota dos profetas patrocinados por ela encheu-se de ira e sentenciou o profeta Elias a morte. “E Acabe fez saber a Jezabel tudo quanto Elias havia feito e como totalmente matara todos os profetas à espada. Então, Jezabel mandou um mensageiro a Elias, a dizer-lhe: Assim me façam os deuses e outro tanto, se decerto amanhã a estas horas não puser a tua vida como a de um deles” 1 Rs 19.1,2

Com medo de Jezabel, Elias fugiu e se refugiou numa caverna onde Deus o encontrou, e lhe fez essa inquietante pergunta: “Que fazes aqui, Elias?”

Irmãos como o ser humano é frágil! O grande Elias, poderoso instrumento nas mãos de Deus, que vencera quatrocentos e cinqüenta profetas num desafio público agora estava escondido numa caverna com medo da ameaça de uma mulher. Elias se esquecera com rapidez da gloriosa manifestação de poder de Deus. O medo o fez esquecer que o Deus a quem ele servia era o Deus todo-poderoso, capaz de fazer todas as coisas e mudar qualquer situação adversa. Jezabel, pobre e miserável pecadora, mesmo sendo rainha, jamais seria páreo para o Deus Verdadeiro em cujas mãos estão as vidas e os destinos de todos os seres humanos. Ali na caverna Deus tratou com Elias, fortaleceu-o e lhe deu uma nova tarefa, antes de levá-lo para o Céu.

A você irmão, que vinha tão bem na vida cristã e que por causa de uma situação adversa qualquer se afastou da presença de Deus, e com medo refugiou-se na caverna do desânimo, da letargia, da desesperança como se não houvesse mais solução para o seu problema, Ele está perguntando: “o que fazes aqui?”.

Lembremo-nos de que temos um Deus nos Céus que por nós tudo executa. O Deus dos crentes, o nosso Deus não desistiu de você como não desistiu de Elias. Deus sempre esteve e sempre estará no controle de todas as coisas mui especialmente daquilo que diz respeito aos seus servos, e Deus não quer que você viva escondido com medo de tudo e de todos.

Você tem uma vida pela frente que precisa ser vivida, servindo fielmente ao Senhor. Saia da caverna e assuma com ousadia o papel para o qual você foi alcançado por Deus e viva na força do Senhor que lhe alcançou e jamais abandonará você. 

Pr. Eudes Lopes Cavalcanti