ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

14-Avani Dantas

15-Luiza dos Santos

17-Tiago de Andrade (filho/Vera)

19-Yan Ferreira (E. Sátiro)

20-Dc. Josias Batista

21-Rivanda Belmont

22-Isabel Cristina

CULTO COMEMORATIVO: no domingo 28/10, pela manhã, teremos um culto comemorativo da Reforma Protestante. A reflexão bíblica de 15 a 20 minutos será feita pelo Dc. Josias conforme escala de outubro. Em seguida, o pastor da Igreja fará uma exposição sobre esse fato histórico.

Tamanho da letra:

Tempo de Recomeçar

 

Todos nós sabemos que o ser humano é limitado pelo tempo e que a sua vida é contada por anos. A própria Escritura já nos revela isso, pois informa que desde os primórdios as coisas eram assim. “E foram todos os dias que Adão viveu, novecentos e trinta anos, e morreu” Gn 5.5. No salmo 90 Moisés, que foi o seu autor, falou sobre a expectativa da duração da vida do homem dizendo o seguinte: “A duração da nossa vida é de setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam há oitenta anos, o melhor deles é canseira e enfado, pois passa rapidamente, e nós voamos” Sl 90.10. Observem que tanto o texto de Gênesis como o de Salmos tratam sobre anos como o parâmetro medidor da duração da vida humana. Não vamos aqui neste boletim discorrer sobre a expectativa de vida da geração antediluviana e a geração pós diluviana, pois a diferença é grande (969 anos de Matusalém e 80 anos falado por Moisés no salmo citado). Uns acham que o tempo antes do dilúvio era contado de forma diferente do tempo contado pós dilúvio, mas o parâmetro medidor é o mesmo, ano.

Chegamos pela graça divina ao início de mais um ano em nossa existência. Louvamos e bendizemos ao Senhor que nos conservou com vida. Louvamos ainda a Deus pelo seu cuidado, proteção e provisões. Ainda bendizemos ao Senhor pelo que Ele é para nós e pelo que nos proporcionou em Cristo no reino espiritual. O momento é propício para se fazer uma reflexão sobre o que fizemos e sobre o que deixamos de fazer no ano que terminou. Com certeza existem muitas coisas em nossas vidas que lamentamos não termos conseguido concretizar no ano passado. Há ainda coisas que lamentamos não termos podido realizá-las de uma forma melhor. Em algumas áreas da vida começamos bem 2010 com ótimas intenções, mas, ao longo do ano passado perdemos o foco, o alvo e não concretizamos o que intencionamos.

Graças a Deus que Ele nos está dando uma nova oportunidade de recomeçar!

Que tal pensarmos em começar 2011 com o firme propósito de valorizar a nossa vida devocional, lendo e meditando nas Sagradas Escrituras diariamente, orando constantemente individual e comunitariamente nos dias convencionados dos cultos de oração, e também freqüentarmos assiduamente os cultos da Igreja, inclusive os do meio da semana?

Que tal assumirmos o firme propósito de ser fiel ao Senhor no que se refere à entrega dos dízimos e das ofertas para a manutenção da obra do Senhor através do ministério de nossa Igreja?

Que tal assumirmos ainda o firme propósito de sermos crentes melhores, mais atuantes, mais amigos uns dos outros, engajados na obra do Senhor principalmente na obra missionária e na obra beneficente?

Que tal abandonarmos aqueles hábitos ruins, para não dizer pecados, que estão comprometendo a nossa comunhão com Deus e impedindo de sermos usados por Ele para a salvação das almas perdidas e para a edificação da Igreja. (vaso sujo Deus não usa. “De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra” 2 Tm 2.21).

Querido irmão aproveite o novo ano que Deus te dá e procure recomeçar o que você parou no caminho da vida cristã no ano passado. Lembre-se de que somos servos de Deus e estamos aqui neste mundo para vivermos para a glória dele.

Pr. Eudes Lopes Cavalcanti