ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

08-Zenaide Ferreira

08-Mizael Meireles (Neto/Adeilda)

08-Brenda Edinalva (E. Sátiro)

09-Joseline (Line)

09-Warley Lamartine

10-Mª José Costa, 

LEMBRANDO:

1)    A Escola Bíblica Dominical (temos classe para todos os segmentos de pessoas)

2)    O culto de oração e estudo bíblico nas terças-feiras, e o culto de oração da quarta-feira (Circulo Oração)

3)    O dízimo do Senhor para mantimento de sua obra através do ministério da III IEC/JPA

CLASSE DE CASAIS: no próximo domingo, no período da manhã, os casais de nossa Igreja estarão se reunindo para um momento de reflexão e oração. Esse momento é de responsabilidade do casal Pastor Walter Moura e de sua esposa Raquel.

Tamanho da letra:

Os pais no programa divino

 

Deus ao criar o ser humano o fez macho e fêmea. “E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou” Gn 1.27. Ao macho (homem) o Criador deu a capacidade de fornecer a semente para que no ventre da fêmea (mulher) fossem gerados os filhos e assim a família fosse constituída, segundo o programa divino. Ainda segundo esse programa a procriação deve ser feita num ambiente familiar, sob a bênção do matrimônio.

Cada pessoa de uma família faz parte do programa divino, com a responsabilidade de promover a glória de Deus, crescer e se multiplicar e povoar a terra. “E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a;...” Gn 1.28.

Além do papel natural de fornecer a semente para a geração de filhos, Deus deu prioritariamente ao pai, o papel de educador, ou seja, de ensinar aos seus filhos, inclusive através do exemplo, as coisas relacionadas a Deus, para que eles possam temê-lo, experimentá-lo e viverem felizes neste mundo e na eternidade. “E estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; E as ensinarás a teus filhos e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te e levantando-te” Dt 6.6,7.

Tratando ainda do papel do pai no programa divino deve-se entender que cabe a ele e também a mãe a responsabilidade de suprir a sua família com as coisas necessárias para a sua subsistência, além de assegurar o futuro dela.

Tratando-se de um pai crente é seu dever ainda cuidar da vida espiritual de seus filhos. Ele é o responsável diante de Deus, junto com a sua mulher, de criar os seus filhos de acordo com os ensinamentos bíblicos. “E vós, pais,... criai-os na doutrina e admoestação do Senhor” Ef 6.4. Ainda nessa área o pai não deve se esquecer de que sobre ele pesa ainda a grande responsabilidade de orar incessantemente pelos seus filhos. “Levanta-te, clama de noite no princípio das vigias; derrama o teu coração como águas diante da presença do Senhor; levanta a ele as tuas mãos, pela vida de teus filhinhos, que desfalecem de fome à entrada de todas as ruas” Lm 2.19.

Como modelo bíblico de um homem que tinha uma consciência real de seu papel de pai de acordo com o programa divino, identificamos o patriarca Jó. O texto sagrado diz desse pai que ele era extremamente zeloso pela vida espiritual de seus filhos, intercedendo por eles continuamente ao Senhor. “Sucedia, pois, que, decorrido o turno de dias de seus banquetes, enviava Jó, e os santificava, e se levantava de madrugada, e oferecia holocaustos segundo o número de todos eles; porque dizia Jó: Talvez pecaram meus filhos, e amaldiçoaram a Deus no seu coração. Assim fazia Jó continuamente” Jó 1.5.

Caríssimo pai, você que recebeu de Deus a graça da paternidade, neste dia em que comemoramos o Dia dos Pais, parabenizamos-lhe por esta data e ao mesmo tempo lhe convidamos a reconhecer a Jesus como Salvador e Senhor de sua vida e a aceitá-lo, se ainda não fez isso, e a consagrar a sua vida ao Senhor se já professou a sua fé em Cristo, servindo-O com dedicação através da Igreja da qual faz parte.

Que Deus abençoe aos pais que fazem a III IEC/JPA, tanto aos que assistem no templo sede bem como aqueles que assistem nas suas Congregações. Feliz Dia dos Pais!

Pr. Eudes Lopes Cavalcanti