ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

10-Mª das Graças Maciel

13-Katiane Ferreira (E. Sátiro)

15-Janiele Andrade

PALESTRA DEPTº EDUC. RELIGIOSA: no próximo domingo, dia 17/06, pela manhã, teremos uma palestra sobre “Como Fazer uma Leitura Produtiva da Bíblia”, que será proferida pela Profª. Isabel Cristina, de nossa Igreja. Essa palestra irá nos ajudar a fazer uma leitura da Bíblia com mais produtividade.

Tamanho da letra:

Agradecendo a Deus (I)

Deus é a fonte suprema de todo o bem. Ele graciosamente tem abençoado o seu povo tanto da antiga como da nova dispensação. Dos Céus descem copiosamente as bênçãos para aqueles que professam a fé em Jesus. As Escrituras nos ensinam que todo o dom perfeito desce dos céus sobre a vida do seu povo. “Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação” Tg 1.17. Noutro texto encontramos que ninguém pode receber coisa alguma se do Céu não lhe for dada. “João respondeu, e disse: O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu” Jo 3.27.

Neste e no próximo boletim iremos tratar sobre o sentimento de gratidão que deve permear o coração do cristão. O cristão deve ser em tudo grato ao Senhor, por ser ele o objeto constante das manifestações graciosas de Deus. Deus tem abençoado o seu povo com bênçãos espirituais e também com bênçãos materiais. Infelizmente o povo de Deus é mais propenso em agradecer a Deus pelas bênçãos de natureza material e se esquecem de agradecer pelas bênçãos de natureza espiritual.

Como as bênçãos espirituais não fazem parte, em sua maioria, do nosso mundo sensitivo, e só são percebidas pela fé na

revelação da Palavra de Deus, muitos crentes acham que elas não são relevantes e por isso não manifestam continuamente a sua gratidão ao Deus dos Céus.

Neste artigo iremos enumerar algumas bênçãos de caráter espiritual para que sejamos mais agradecidos ao Senhor.

Segundo o dito do Salvador e que depois foi confirmado por Paulo, a vida de um crente é um milagre de Deus, pois foi ele quem o escolheu para a salvação e o chamou mediante a pregação do Evangelho (Jo 15.16; 1 Co 1.21). Só isso já é motivo sobejo para sermos continuamente gratos a Deus, pela bênção da nossa conversão a Cristo, por ele ter nos salvo da perdição eterna, e ter nos adotados como seus filhos (Jo 5.24; Jo 1.12,13; Gl 4.5,6). Deus ainda graciosamente resolveu habitar no interior da pessoa que creu e recebeu a Jesus como Salvador (Ef 1.13; Gl 4.6). De acordo com o plano eterno de Deus os crentes em Cristo foram regenerados, transformados pelo poder do Evangelho de Cristo, que é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê.

Ainda graciosamente Deus decidiu, de acordo com a sua soberana vontade, distribuir com os seus filhos dons de natureza espiritual visando promover a edificação da Igreja e resolveu fazer com que os seus filhos produzissem o fruto do Espírito para que o Seu nome fosse glorificado por aqueles que vêem a vida piedosa dos filhos de Deus.

Resumindo o assunto, a Bíblia diz que Deus já nos abençoou com toda a sorte de bênçãos espirituais. “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo” Ef 1.3.

Assim sendo irmãos sejamos gratos a Deus por tudo o que ele tem feito em nossas vidas mui especialmente na área espiritual que é a mais importante da vida de uma pessoa (Veja Lc 10.42).

Pr. Eudes Lopes Cavalcanti