ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

25-Risolene Fernandes

26-Jaciara Araújo

27-Valdilene Régis

ORANDO PELAS FAMÍLIAS

Coloquemos diante do altar do Senhor, nesta semana, a família do Presb. José Diniz (Diniz, Lúcia, Laércia, Laélia, Og, Makobi e Nícolas). “Orai uns pelos outros para que sareis”.

Tamanho da letra:

Agradecendo a Deus (II)

Dissemos no boletim anterior que Deus é a fonte suprema de todo o bem. Dissemos ainda que Ele graciosamente tem abençoado o seu povo tanto da antiga quanto da nova dispensação com bênçãos espirituais e também com bênçãos materiais. Ainda falamos que dos Céus descem copiosamente as bênçãos para aqueles que professam a fé em Jesus e citamos as Sagradas Escrituras para comprovar o que foi dito: “Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação” Tg 1.17. “João respondeu, e disse: O homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu” Jo 3.27.

Ainda na mensagem do boletim anterior dissemos que o sentimento de gratidão deve permear o coração do cristão. Ainda mencionamos que o cristão deve ser em tudo grato ao Senhor, por ser ele o objeto constante das manifestações graciosas de Deus.

No boletim anterior versamos sobre as bênçãos espirituais dadas por Deus graciosamente ao seu povo e citamos o texto que trata do assunto de forma resumida: “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo” Ef 1.3.

 

Neste Boletim enfocaremos as bênçãos materiais que Deus nos deu, está nos dando e nos dará enquanto vivermos na face da terra e pelas quais devemos ser gratos a Ele, já que tudo que temos e somos são dádivas de Deus.

No Sermão do Monte (capítulos 5, 6 e 7 de Mateus) o Senhor trata de diversas coisas dentre elas as provisões de natureza material para aqueles que professam o Seu nome. Ele fala sobre alimento, bebida (água), vestimenta, enfim provisões de natureza material e garante ao seu povo que lhe dará isso, se for priorizado em tudo o Seu Reino. “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” Mt 6.33.

O salmista, na sua velhice, tendo constatado a contínua benção de Deus na sua vida na área material, assim se expressou: “Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua descendência mendigar o pão” Sl 37.5. Ainda noutro salmo (103.3) ele fala de bênçãos espirituais (perdão de pecados) e de bênçãos materiais (cura de enfermidades), recebidas. “Ele é o que perdoa todas as tuas iniqüidades, que sara todas as tuas enfermidades”.

Citamos como exemplo de bênçãos materiais concedida por Deus ao seu povo, o maná que caía do céu para alimentar o povo de Israel, Todo dia descia maná do céu para manter o povo de Deus. Na sexta-feira a bênção era dobrada para suprir a necessidade do sábado, pois nesse dia o povo só devia se preocupar com a adoração a Deus. O maná só deixou de cair do céu quando o povo entrou em Canaã e começou a se alimentar do fruto daquela terra (a jornada do povo de Deus no caminho para Canaã durou quarenta anos).

Irmãos, Deus tem suprido as nossas necessidades materiais e por isso devemos ser gratos a Ele. “Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios” Sl 103.2.

Pr. Eudes Lopes Cavalcanti