ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

01-Carlos Alberto (Pb)

01-Lamarck Ribeiro

02-Kézya Lopes

03-Mª Júlia (E. Sátiro)

03-Albiana Alves

05-Fábio Lima

05-Saullo Vinicius (E. Sátiro)

05-Débora Thamyres

07-André Augusto

07-Anna Júlia

08-Mª da Conceição

Reuniões administrativas final de ano

13/12 – Reunião do Conselho Eclesiástico;

21/12 – Confecção Calendário 2019;

23/12 (M) - Assembleia da Igreja (homologação diretorias, recepção membros e separação para o oficialato )  

 

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO: o nosso jantar de confraternização será no dia 31/12, logo após o culto de final de ano. O culto será no horário das 21 às 23h, seguindo-se o jantar, que será no estilo americano. O Pb. Evandro José será o coordenador desse evento.

Tamanho da letra:

Viver – Exercício de Paciência

 

 

Viver é um exercício de paciência, perseverança, equilíbrio e força; Por que digo isto? Creio que, por já ter passado por momentos que demonstraram que sem paciência não chegamos ao término de muitas realizações. A paciência está muito ligada à perseverança.

Prossigo para o alvo, traço o meu objetivo e vou lutando a fim de chegar onde pretendo, sem desânimo, sem parar ao primeiro obstáculo encontrado. A perseverança está intimamente ligada ao equilíbrio, pois preciso saber o que faço, quando faço e por que faço. Devo saber lidar com o meu potencial a fim de alcançar o alvo desejado sem perder de vista o que pretendo. Preciso de equilíbrio para não perder a calma, não perder a paciência e perseverar sem medo de fracassar. Aí entra a força de vontade, força de espírito, força para lutar. Se não estivermos preparados, não alcançaremos o resultado final.

Viver é um exercício. Onde procurar essas qualidades para exercitar a vida? Na fonte inesgotável de amor, que nos enche de esperança e confiança, em Jesus!

Jesus deve ser o nosso alvo, nossa meta de vida. Devemos crescer olhando para este alvo – Cristo!

Aprendi nos meses atrás, passando por necessidade de saúde a ficar quieta em repouso, (embora o corpo pedisse movimento) ficar parada (embora com vontade de andar), a esperar pelos outros (embora goste de servir e não de ser servida), orar para a dor passar e orar agradecendo porque a dor passou.

Confiar no amor imensurável de Deus, que nos olha como só Ele sabe fazer, e nos supre todas as necessidades, sejam elas quais forem. Em vários meses, li muito a Palavra de Deus, dormi muito, recebi muito carinho dos filhos, netos, sobrinhos, e até da médica (que hoje é minha amiga querida), recebi muitas visitas: as irmãs em Cristo, irmãos, amigos e parentes, as horas e dias passando... Hoje já bem recuperada dessa fase da minha vida, penso, revejo, e olho que vale a pena viver em qualquer circunstância, pois, tendo Deus ao lado, gozando da presença de Cristo, fortalecida pelos laços do amor das pessoas que nos amam, e a quem amamos tanto fica mais fácil de viver.

Você também já deve ter passado por momentos não tão aprazíveis. Como foi?Procurou refúgio no Senhor Jesus? Pois foi a confiança neste refúgio, que me fez descansar nele, pois, pois só Ele – Jesus Cristo é capaz de nos dar conforto, esperança, alegria e paz.

Viver é uma arte, em Cristo, passa a ser felicidade sem par.

Seja artista, seja feliz, viva com Cristo Jesus.

Celízia Ferrer