ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

08-Zenaide Ferreira

08-Mizael Meireles (Neto/Adeilda)

08-Brenda Edinalva (E. Sátiro)

09-Joseline (Line)

09-Warley Lamartine

10-Mª José Costa, 

LEMBRANDO:

1)    A Escola Bíblica Dominical (temos classe para todos os segmentos de pessoas)

2)    O culto de oração e estudo bíblico nas terças-feiras, e o culto de oração da quarta-feira (Circulo Oração)

3)    O dízimo do Senhor para mantimento de sua obra através do ministério da III IEC/JPA

CLASSE DE CASAIS: no próximo domingo, no período da manhã, os casais de nossa Igreja estarão se reunindo para um momento de reflexão e oração. Esse momento é de responsabilidade do casal Pastor Walter Moura e de sua esposa Raquel.

Tamanho da letra:

Lutas e Tribulações

 

Muitas vezes, diante das lutas e tribulações da vida, nos sentimos desanimados, abatidos, sem saber o que fazer, que rumo tomar. Mas em João 16.33, Jesus diz o seguinte: “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.”

Frequentemente somos atingidos pelas seguintes tribulações: desemprego, enfermidades, traições, perseguições, problemas familiares, mortes de pessoas queridas, etc. Mas o salmista nos afirma que “muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas” Sl 34.19. Mas graças a Deus, que nós temos a vitória por meio do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo! (I Co 15.57).

Enquanto isso, as pessoas que não têm Jesus, se afundam num desespero tão grande, a ponto de pensarem em suicídio. E Satanás que veio para matar, roubar e destruir (Jo 10.10), se aproveita dessa situação e leva as pessoas a acabarem com suas próprias vidas; porque este é o seu objetivo.

Geralmente, as lutas e tribulações ocorrem em nossas vidas por nossa própria culpa. Por exemplo: um pecado não confessado que a pessoa procura mantê-lo encoberto, ao invés de reconhecer, confessar e abandonar esse pecado; e de repente passam a enfrentar lutas e tribulações; porque Deus quer manter a ordem moral no mundo. Outro ponto é quando o crente se mostra indiferente às coisas de Deus, achando que não necessita ter uma vida de comunhão com Ele. Então, Deus permite que esses crentes passem por aflições, porque Ele espera que o efeito final dessa forma de aflição seja para restauração espiritual da pessoa.

Alguns crentes encaram as lutas e tribulações como sendo constantes castigos. Só que muitos deles têm uma vida consagrada e íntegra diante de Deus, mas se vê em meio às tribulações. É que Deus quer transformar o mal em bem, as tribulações em bênçãos, para que o Seu nome seja glorificado e exaltado por seus filhos, respeitado e honrado, até mesmo pelos descrentes. Ele também quer realizar uma obra benéfica em suas vidas, aprimorar a sua fé e erguê-los, através das lutas, a um nível mais elevado de espiritualidade.

Como foi falado anteriormente, o crente não deixará de passar por lutas e tribulações, mas só que haverá sempre uma grande diferença entre o crente e as pessoas que ainda não têm Jesus como Senhor e Salvador das suas vidas. Porque a fé no Senhor Jesus, gera uma confiança que perdura até mesmo ante as adversidades mais terríveis do mundo. E ao enfrentar as lutas, o crente sabe que nós somos mais do que vencedores em Cristo Jesus. E que Ele está no comando das nossas vidas, nos dirigindo e nos guiando. Porque Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente nas tribulações. Amém!

Irmã Valda