ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

09-José Afonso (E. Sátiro)

10-Neusa de Moura

12-Edvando Bonifácio (Dc. R. do Sol)

14-Mª Teodória

15-Mª Eliane

Reuniões administrativas final de ano

13/12 – Reunião do Conselho Eclesiástico;

21/12 – Confecção Calendário 2019;

23/12 (M) - Assembleia da Igreja (homologação diretorias, recepção membros e separação para o oficialato )  

 

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO: o nosso jantar de confraternização será no dia 31/12, logo após o culto de final de ano. O culto será no horário das 21 às 23h, seguindo-se o jantar, que será no estilo americano. O Pb. Evandro José será o coordenador desse evento.

Tamanho da letra:

Noventa vale mais do que cem


A frase acima é considerada absurda, pois todos nós sabemos que cem é maior do que noventa. A argumentação do ponto de vista da matemática é corretíssima, sem discussão, mas acontece que na Bíblia Sagrada tem um tema que nos mostra que noventa é maior do que cem. Vou explicar a questão e o leitor vai concordar comigo se tem a Bíblia como a Palavra de Deus e regra de fé e prática.
Deus por graça e por misericórdia resolveu dá o sustento as suas criaturas, ou ainda, dá as condições necessárias para que a sua criação especialmente o ser humano pudesse ter o seu sustento, o atendimento básico de suas necessidades.
De tudo o que Deus deu para o sustento dos seres humanos (cem por cento), especialmente para o seu povo, a igreja, o Senhor determinou que dez por cento (o dízimo) fosse devolvido para Ele, a fim de que as necessidades de sua casa (a igreja) fossem atendidas, prometendo Deus abençoar o restante (noventa por cento) que ficou para o crente manter-se a si, a sua família e ajudar aos mais necessitados. Disse Deus ainda que abençoaria o crente fiel neste mister e que os que retivessem os dez por cento que era dele, no lugar de benção a pessoa iria experimentar maldições, ou numa palavra mais branda, dificuldades e problemas na área financeira. “Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação. Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes” Ml 3.8-10.
Assim sendo no contexto em que estamos falando noventa é maior do que cem, pela simples razão dele contar com a benção de Deus. Quem entrega fielmente o dizimo ao Senhor os noventa por cento que fica com ele é abençoado e quem retém o dizimo do Senhor, ficando com os cem por cento não conta com a benção do Senhor. A Bíblia diz que a benção do Senhor é que enriquece e não acrescenta dores (Pv 10.22).
Meus queridos irmãos, o dízimo é uma instituição divina; foi o próprio Deus que o estipulou como método de contribuição para o sustento de sua obra. Encontramos o dízimo antes da instituição da lei mosaica (Gn 14.20), durante a vigência da lei (Dt 14.23) e depois dela (Mt 23.23), e quem é fiel nesta área tem com certeza sobre si a benção financeira de Deus.
Muitos crentes estão retendo o dízimo do Senhor e fazendo assim esses irmãos não terão prosperidade, cedo ou tarde a sua infidelidade o alcançará, pois, estão ajuntando em saco furado como diz a Palavra de Deus: “Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vesti-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado” Ag 1.6.
E aí meu irmão, no contexto que falamos noventa é ou não é maior do que cem?
Pr. Eudes Lopes Cavalcanti