ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

10-Mª das Graças Maciel

13-Katiane Ferreira (E. Sátiro)

15-Janiele Andrade

PALESTRA DEPTº EDUC. RELIGIOSA: no próximo domingo, dia 17/06, pela manhã, teremos uma palestra sobre “Como Fazer uma Leitura Produtiva da Bíblia”, que será proferida pela Profª. Isabel Cristina, de nossa Igreja. Essa palestra irá nos ajudar a fazer uma leitura da Bíblia com mais produtividade.

Tamanho da letra:
Um Crente com aleijões
 
Pregamos no domingo passado sobre a cura de um homem que tinha uma de suas mãos mirrada, aleijada, paralítica. Dissemos dentre outra coisas que o problema daquele homem que era um judeu e que freqüentava regularmente a sinagoga poderia bem representar um crente, um servo de Deus que está na Igreja, ouvindo regularmente a Palavra de Deus, fazendo as suas preces, mas que tem um aleijão na sua vida espiritual ou moral que o impede de viver plenamente a vida cristã, de se dedicar sem impedimento a obra de Deus.
Estamos utilizando o aleijão daquele homem como uma representação dos males de nossas vidas que impendem um viver intenso, na liberdade do Espírito Santo, no seio da Igreja.
A representação é pertinente porque aquele homem fazia parte do povo de Deus, os judeus como nós somos hoje o povo de Deus, da nova aliança. Ele freqüentava regularmente a sinagoga aos sábados para fazer as suas preces, ouvir a leitura e a explicação da Palavra de Deus e entoar cânticos ao Deus de Israel, o que nós como crentes fazemos em nossa Igreja. Além disso, foi ele objeto da manifestação misericordiosa de Jesus que o curou daquele mal, como nós crentes em Cristo somos constantemente objetos das bênçãos de Deus.
Pensemos em alguns aleijões que talvez você leitor tenha em sua vida que o deixa visivelmente vulnerável aos olhos de Deus e da Igreja e talvez da sociedade em que vive.
1) O aleijão da avareza. Deus deu aos crentes, muito ou pouco, recursos financeiros para o seu mantimento e da sua família. Dos cem por cento que Deus nos deu Ele ordena que entreguemos dez por cento para a manutenção de sua obra, através do ministério da Igreja a que pertencemos. É o dizimo do Senhor que muitos crentes estão sonegando. Recebem o sustento que Deus lhe dá mensalmente, gastam a seu bel prazer, e se esquecem que têm um compromisso com Deus nessa área.
2) O aleijão do apego as coisas deste mundo. Quantos crentes mundanizados têm em nosso meio. Só se preocupam com as coisas deste mundo. Isto se percebe com facilidade no tipo de roupa que vestem muitas delas sensuais, escandalosas. Uns valorizam mais as novelas da Globo do que aos cultos da Igreja. Tem tempo para tudo neste mundo menos para as coisas de Deus. Qualquer coisa é pretexto para fugir da casa do Senhor, onde a igreja se reúne.
3) O aleijão do ressentimento. Quantos Crentes existem que não conseguem perdoar as falhas dos outros, vivem alimentando ressentimento em seu coração, e pior, destilando o seu ressentimento em conversas com outros irmãos. A Bíblia diz que quem não perdoa aos outros não pode gozar do perdão divino.
Meus queridos, de todos esses aleijões o Senhor Jesus nos cura. Como Ele curou aquele homem na sinagoga está pronto para curar você também. Confesse a Ele os seus aleijões e Ele misericordiosamente lhe perdoará e os aleijões desaparecerão e você poderá servir a Deus sem impedimento algum.
Pr. Eudes Lopes Cavalcanti