ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

12-Antônia de Lima

14-Elizabete Gomes (E. Satiro)

15-Severina Ferreira

15-Paula Francinett

16-Dc. Murilo Pedro

GRATIDÃO A DEUS PELOS PAIS DA IGREJA: agradecemos a Deus pela vida dos pais que fazem o ministério da III IEC/JPA. Louvamos a Deus pelo privilégio dado a eles de serem pais. Sabemos da grande responsabilidade deles diante de Deus, de criarem os seus filhos nos caminhos do Senhor, e para isso pedimos a graça divina. Rogamos sobre os pais uma benção especial de Deus neste dia, bem como durante a vida deles. Assim seja!

Tamanho da letra:

Uma Nova Oportunidade

Deus na Sua graça infinita está sempre nos concedendo uma nova oportunidade para recomeçarmos, para fazermos aquilo que deixamos de fazer.

O ano de 2010 é uma nova oportunidade que Deus está concedendo graciosamente a todos mui especialmente ao seu povo, a Igreja.

É bom que reflitamos sobre isso. O tempo passa velozmente e nós precisamos entender que temos um seríssimo compromisso com Deus, com a sua obra como crentes que professamos ser em Cristo Jesus.

Se olharmos para trás com sinceridade de coração certamente veremos alguma área de nossa vida, especialmente, na área espiritual que deixou muito a desejar. Será que não foi que nós não nos dedicamos à obra do Senhor como deveríamos nos dedicar? Será que não foi na área financeira que nos descontrolamos e gastamos mais do que devíamos gastar e comprometemos com isso a obra do Senhor, retendo o dizimo e as ofertas que deveríamos entregar a Deus como diz a Sua Palavra? Será que não foi a negligência aos cultos de oração e aos outros cultos da Igreja? Será que não foi na área do amor fraternal quando não perdoamos as fraquezas de nossos irmãos e quando alimentamos ressentimentos que tanto

prejudicou as nossas vidas? Será que não foi aquele capricho do nosso coração que quisemos, por todos os meios, impor aos nossos irmãos? Será que não foi, enfim, a devoção a Cristo que foi para o espaço devido ao nosso comprometimento com as coisas deste mundo?

A Bíblia nos fala de Zaqueu, um homem de baixa estatura, rico, que como cobrador de impostos era odiado pelos judeus porque estava a serviço do império romano que dominava Israel e o mundo naquela época. Esse homem carcomido pelo pecado teve a felicidade de ter um encontro com Cristo que mudou completamente a sua vida, dando-lhe uma nova oportunidade de recomeçar. Aquilo que ele tanto amava, que era o dinheiro, foi colocado em segundo plano porque aproveitou a oportunidade que Deus lhe dera em Cristo de recomeçar e viver uma nova vida para a glória de Deus. “E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado” Lc 19.8.

Meus irmãos estamos no início de um novo ano em que Deus nos deu a graça e a misericórdia de entrarmos nele. Este novo ano, como dissemos, é uma nova oportunidade que Deus nos dá para fazermos aquilo que deixamos de fazer no ano que passou. Não deixe passar a oportunidade de consagrar a sua vida a Deus e de se engajar naquela que é a coisa mais importante aos olhos do Senhor que é a Sua obra. A obra de Deus exige uma consagração completa para aquele que são crentes em Cristo. “Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra” II Tm 2.4.

Assim sendo irmãos neste ano procuremos fazer aquilo que não fizemos no ano que passou.

Pr. Eudes Lopes Cavalcanti