ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

17-Jair Costa (J. Américo)

18-Emília Lopes (E. Sátiro)

19-Enoque Monteiro

20-Ana Gabrielly (E. Sátiro)

20-Djanilson Rodrigues

23-Pb. Valdenor Torres

CESTA DO AMOR: Colabore com a Cesta do Amor trazendo um quilo de alimento não perecível (feijão, arroz, macarrão, fubá, etc). Esses mantimentos comporão as cestas básicas para distribuição aos que estão enfrentando necessidades dentro e fora da nossa Igreja.  A beneficência é um dos ministérios da Igreja, e tem o agrado de Deus (Leia Hb 13.16).

Tamanho da letra:

 

             A Perseverança dos Santos

                                          

    A Teologia Reformada chamada também de Calvinista elencou cinco princípios que norteiam o seu escopo soteriológico, a saber: Depravação Total, Eleição Incondicional, Expiação Limitada, Graça Irresistivel e Perseverança dos Santos.

   Por Depravação Total os Reformados ensinam que a culpa do pecado de Adão, cabeça Federal da raça humana, foi imputada aos seus descendentes fazendo com que todos eles sejam considerados pecadores. Sobre o assunto entende ainda a Teologia Reformada que herdamos de Adão a natureza corrompida pelo pecado.

   Por Eleição Incondicional entende a Teologia Reformada que Deus graciosamente escolheu a Igreja para a salvação independente de qualquer ato previsto desses eleitos.

   Por Expiação Limitada a Teologia Reformada advoga que Cristo morreu apenas pelos eleitos, sendo eles o único objeto da obra redentora realizada pelo Salvador na Cruz do Calvário.

   Por Graça Irresistivel entende os reformados que os eleitos inexoravelmente atenderão o chamado para a salvação, durante a sua vida, através da mensagem do Evangelho.

   Em relação à Perseverança dos Santos a Teologia Reformada ensina que os salvos perseverarão na fé até ao fim de suas vidas e se, porventura, vieram a cair em pecado retornação ao convívio do Senhor antes de partirem para a eternidade.

  Os homens de nossa Igreja escolheram como tema de suas festividades de aniversário: “Perseverança, a marca do verdadeiro cristão”. Sobre esse tema dissertaremos de forma sucinta:

   Perseverar significa, segundo o Dicionário de Larousse, “Permanecer firme e constante em um sentimento, uma resolução; Persistir; Permanecer, ficar; Resistir, suportar”.

  Do ponto de vista teológico ou doutrinário a Perseverança dos Santos significa que todos aqueles que de fato são convertidos a Cristo perseverarão na fé até o final de suas vidas, uma vez que a poderosa obra da graça de Deus na vida deles foi tal que eles nasceram de novo, foram selados e habitados pelo Espírito Santo, foram constituidos por Deus como filhos por adoção em Jesus Cristo, foram reconciliados com Deus, dentre outras coisas maravilhosas.

  Encontramos nas Escrituras diversos textos que asseguram que todos os verdadeiros crentes perseverarão na fé durante a sua vida, dentre eles citamos: “Porque sete vezes cairá o justo e se levantará; mas os ímpios tropeçarão no mal” Pv 24.16. “Tendo por certo isto mesmo: que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao Dia de Jesus Cristo” Fp 1.6. “Tudo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora” Jo 6.37.

   A Perseverança dos Santos não quer dizer que os mesmos não possam ter os seus momentos de fracassos, mas quer dizer que mesmo em seus fracassos o Senhor os levantará e eles não morrerão afastados do Senhor.

   Também a Perseverança dos Santos não quer dizer que eles podem viver no pecado pensando que Deus os restaurará antes de morrer. Quem pensa assim, talvez, não tenha nascido de novo, pois a alma redimida nao tem prazer no pecado (1 Jo 5.18).       

 

               Pr. Eudes Lopes Cavalcanti