ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

09-José Afonso (E. Sátiro)

10-Neusa de Moura

12-Edvando Bonifácio (Dc. R. do Sol)

14-Mª Teodória

15-Mª Eliane

Reuniões administrativas final de ano

13/12 – Reunião do Conselho Eclesiástico;

21/12 – Confecção Calendário 2019;

23/12 (M) - Assembleia da Igreja (homologação diretorias, recepção membros e separação para o oficialato )  

 

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO: o nosso jantar de confraternização será no dia 31/12, logo após o culto de final de ano. O culto será no horário das 21 às 23h, seguindo-se o jantar, que será no estilo americano. O Pb. Evandro José será o coordenador desse evento.

Tamanho da letra:

Coroas o ano da tua bondade

 

     Segundo a versão da Bíblia Revista e Corrigida, o Salmo 65 é de autoria de Davi e tem o seguinte titulo: “Davi louva a Deus e dá-lhe graças pelas bênçãos recebidas”. Nesse salmo o rei de Israel celebra ao Senhor pelas bênçãos recebidas e, com certeza, essa gratidão foi feita pelas bênçãos derramadas por Deus em sua vida, na sua família e no reino de Israel, durante um ano. Não sabemos se ele fez esse cântico na passagem de um ano para outro, mas o fato é que ele celebrou a Deus por Ele coroar o ano com bondade e misericórdia.

 

 

       Estamos no penúltimo dia do ano de 2012. Olhando para trás pUdemos observar a boa mão do Senhor sobre as nossas vidas coroando-as de graça, de bondade e de misericórdia. Razões sobejas tem a Igreja de celebrar ao Senhor pela Sua proteção, cuidado e provisões.

     As lutas, dificuldades que enfrentamos durante o ano que se finda serviram, como foi a intenção de Deus, com certeza, para fortalecer o nosso caráter, para amolecer mais o nosso coração, tornando-o mais humilde e quebrantado.

    No salmo citado Davi não se esquece de agradecer a Deus pelas bênçãos dispensadas por Ele tanto na área espiritual bem como na área material. Assim também deve ser feito pela igreja, agradecer as bênçãos espirituais e materiais que Deus graciosamente tem lhe dado através de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Escrevendo aos efésios Paulo, apóstolo, celebra ao Senhor pelas bênçãos espirituais dispensadas a Igreja, nestes termos: “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo” Ef 1.3. Nos versículos seguintes desse capitulo de Efésios, Paulo menciona os tipos dessas bênçãos espirituais, tais como: eleição dos salvos, predestinação para a salvação, redenção pelo sangue de Jesus, remissão das ofensas, o selo do Espirito e outras bênçãos dessa natureza.Essas bênçãos de natureza espiritual contemplam todo o crente genuíno. São minhas, são suas, é de todo o povo de Deus.

   Deus, queridos, não só tem abençoado o seu povo com bênçãos espirituais, mas também com bênçãos materiais. Ele tem nos dispensado o pão de cada dia, o calçado, o vestido, o abrigo e outras coisas que tem facilitado o nosso viver aqui na face da terra. A uns Deus tem dado muito e a outros, pouco, mas o fato é que  Ele tem dado a todos. O batista (João) disse que ninguém pode ter coisa alguma se do Céu não lhe for dada (Jo 3.27).

     O reconhecimento de que o que temos e o que somos foi tudo por obra e graça de Deus, veio do alto, do Pai das luzes em quem não há mudança nem sombra de variação (Tg 1.17), deve ocupar o coração do cristão e ele deve se debulhar em gratidão por isso.

   Noutro Salmo (103.1-5), Davi também bendiz a Deus pelas bênçãos espirituais e materiais que lhe foram dadas: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga o seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios. É ele que perdoa todas as tuas iniquidades e sara todas as tuas enfermidades; quem redime a tua vida da perdição e te coroa de benignidade e de misericórdia; quem enche a tua boca de bens, de sorte que a tua mocidade se renova como a águia”.

   Todos que reconhecem a soberania de Deus sobre as suas vidas devem render graças ao Senhor, inclusive aqueles amados que tenham passado por grandes dificuldades no ano que estar findando, pois a Bíblia diz que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto.    

       Assim sendo, amados, regozijemo-nos pelo que Deus fez por nós, principalmente por nos ter dado a salvação eterna.      

 

  Pr. Eudes Lopes Cavalcanti