ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

01-Carlos Alberto (Pb)

01-Lamarck Ribeiro

02-Kézya Lopes

03-Mª Júlia (E. Sátiro)

03-Albiana Alves

05-Fábio Lima

05-Saullo Vinicius (E. Sátiro)

05-Débora Thamyres

07-André Augusto

07-Anna Júlia

08-Mª da Conceição

Reuniões administrativas final de ano

13/12 – Reunião do Conselho Eclesiástico;

21/12 – Confecção Calendário 2019;

23/12 (M) - Assembleia da Igreja (homologação diretorias, recepção membros e separação para o oficialato )  

 

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO: o nosso jantar de confraternização será no dia 31/12, logo após o culto de final de ano. O culto será no horário das 21 às 23h, seguindo-se o jantar, que será no estilo americano. O Pb. Evandro José será o coordenador desse evento.

Tamanho da letra:

 

Deus soberano

  Quando falamos sobre a soberania de Deus queremos dizer que Ele é o Senhor do Universo e que Ele domina sobre tudo e todos e nada acontece no mundo, especialmente entre as suas criaturas morais, e ainda mais no meio daqueles que professam a fé em Cristo, sem a sua autorização. No Salmo 103.19 encontramos um versículo que fala sobre essa soberania: “O Senhor tem estabelecido o seu trono nos céus, e o seu reino domina sobre tudo”. Nas visões que alguns bem-aventurados servos de Deus tiveram do Senhor, O viram assentado sobre um trono de glória, governando. Assim aconteceu com o profeta Isaías conforme relatado em seu livro, que nos diz assim: ”No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono, e o seu séquito enchia o templo” Is 6.2. (Veja ainda 1 Rs 22.19; Ap 4.2,3).

   Essa soberania ou esse controle que Ele tem de todas as coisas nos enche o coração de admiração e temor. Tudo o que acontece no mundo é ordenado ou permitido por Deus, nada acontece sem a sua permissão. Razão sobeja teve o poeta sacro quando compôs: “Tu és soberano sobre a terra, Sobre os céus tu és Senhor, absoluto. Tudo que existe e acontece Tu o sabes muito bem, Tu és tremendo. E apesar dessa glória que tens, Tu te importas comigo também, E este amor tão grande eleva-me, Amarra-me a ti, Tu és tremendo”.

   Essa soberania traz para a Igreja, além de admiração e temor como foi dito, uma segurança maravilhosa, pois esse Deus soberano que governa tudo, inclusive as contingências da vida dos salvos, não perdeu nem perderá o controle das coisas.

   Às vezes no cotidiano da vida cristã enfrentamos terríveis vendavais, mas precisamente acreditar na revelação da Palavra de Deus que diz que o Soberano Senhor está no barco de nossas vidas e esse barco não  naufragará, mesmo que pensemos que Deus está indiferente ao que está acontecendo, como foi o caso dos discípulos numa das travessias do Mar da Galiléia feita pelo  Senhor e por eles. O texto bíblico nos relata que Jesus ordenou aos seus discípulos que passassem de uma margem para a outra do Mar da Galiléia. Ele fora também com eles nessa travessia. Em dado momento surgiu um grande temporal de vento e as ondas se agitaram e enchiam o barco a ponto dele correr o risco de afundar. Foi aí que os discípulos apavorados, despertaram Jesus que dormia na popa do barco, dizendo: Mestre não se te dá que pereçamos? Prontamente o Senhor levantou-se e ordenou com a sua voz poderosa que o vento e o mar se aquietassem, e fez-se grande bonança (Mc 4.35-42).

   Querido irmão, você que está enfrentando dificuldades, que viu desabar um terrível temporal em sua vida, creia nesse Senhor soberano, porque Ele tem poder sobre todas as coisas. Assim como ele aquietou o mar e fez-se bonança repreenderá a tempestade e lhe dará vitória.  “Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia” Sl 46.1.

                      Pr. Eudes Lopes Cavalcanti