ANIVERSARIANTES DA SEMANA  

 

19-Cleytiane Martins (E. Sátiro)

20-Maciel Santos

20-Geysa Carla

22-Lindalva Serafim

23-Marivalda Souza

23-Josinaldo da Silva (Naldinho)

24-Cristina Rodrigues

25-Jefte Jonny (E. Sátiro)

CONGRESSO DE HOMENS DISTRITAL ALIANÇA: na próxima sexta-feira (24/11), a partir das 19.30h, estaremos hospedando o Congresso de Homens Congregacionais da 1ª Distrital da ALIANÇA (Igrejas Congregacionais da Grande João Pessoa - João Pessoa, Cabedelo, Bayeux, Santa Rita e Itabaiana). Estará ministrando nesse Congresso o Pastor batista Renato Vargens, renomado conferencista em nosso País. A direção do culto será de responsabilidade do Pr. André Soares, diretor do Núcleo de Homens do 1º Distrito.

Tamanho da letra:

 

BREVE HISTÓRICO DA III IEC/JPA

    

      A III Igreja Evangélica Congregacional de João Pessoa foi oficialmente organizada no dia 17/07/97 sob o pastorado do Rev. Jônatas Ferreira Catão, que na época presidia a Igreja Evangélica Congregacional de João Pessoa, da qual o trabalho no Geisel foi Congregação durante quatorze anos. A III IEC/JPA foi organizada com quarenta membros, dentre eles um Pastor (Wilton Bezerra da Nóbrega), dois Presbíteros (Genison Gomes de Brito e Aureliano Fernandes de Medeiros) e um Diácono (Francisco Gonçalves Braga). A III IEC/JPA após a sua organização filiou-se a Aliança de Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil (ALIANÇA) da qual tem sido fiel afiliada, cumprindo os seus compromissos para com essa Denominação.    

      O trabalho Congregacional no bairro de Ernesto Geisel começou pela iniciativa do Departamento de Mocidade da IEC/JPA que realizava cultos ao ar livre nos domingos à tarde, no início da década de 1980. Como conseqüência desses cultos, um grupo de irmãos começou a se reunir na residência do irmão Adelson Alexandre dos Santos, hoje Presbítero jubilado, que cedeu bondosamente as instalações de sua residência para que o incipiente trabalho tivesse o seu início.

     Considerando o crescimento da obra pela graça e propósito de Deus, a IEC/JPA começou a planejar e a orar visando à aquisição de um terreno onde pudesse construir um templo. Deus, segundo o seu propósito, disponibilizou um excelente terreno numa posição estratégica dentro daquele bairro, doado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, graças à intermediação do irmão Sócrates Pedro de Melo, na época Deputado e Diácono da IEC/JPA. O trabalho de construção do atual santuário começou e foi concluído sob a administração do Pastor Jônatas Ferreira Catão, no ano de 1983. Ainda sob a gestão do Pastor Catão foi construída uma casa pastoral anexa a Igreja, onde hoje estão instaladas a Secretaria da Igreja, a Secretaria da Escola Bíblica Dominical e a Secretaria de Missões (SEMI).

      Quando da organização da III IEC/JPA, assumiu o seu pastorado o Rev. Wilton Bezerra da Nóbrega que exerceu o seu ministério até 21 de agosto de 2004, sendo, na ocasião, substituído pelo Rev. Eudes Lopes Cavalcanti, após a transferência do Pastor Wilton para assumir o pastorado da Igreja Congregacional no Bessa. Sob o pastorado do Rev. Wilton Bezerra, a Igreja teve um grande impulso para a glória de Deus, crescendo a sua membrezia para aproximadamente cento e cinquenta  pessoas e duas congregações, uma no Valentina e a outra em Dona Inês, sendo esta última entregue depois a IEC de Guarabira/PB, devido às dificuldades operacionais de manutenção. Ainda sob o seu pastorado foi construído um prédio que está sendo utilizado como edifício de educação religiosa, onde funcionam aos domingos as classes da Escola Bíblica  Dominical e às noites outras atividades da Igreja.

    Continuando na sua vocação histórica de crescimento, a III IEC/JPA, no pastorado do Rev. Eudes Lopes Cavalcanti, consolidou o trabalho no Valentina que teve um grande impulso e hoje tem feições de Igreja, e abriu congregações nos conjuntos habitacionais de João Pessoa na Rota do Sol, no Ernani Sátiro e no José Américo.  Sob circunstância especial agregou-se a III IEC/JPA um grupo de irmãos do Bessamar, que foi organizado em Congregação em 2009 e em outubro 2010, Igreja. Ainda sob o atual pastorado a nave do templo sede foi ampliada e colocado forro de PVC e porta de vidro blindex. Foi ainda construída uma área coberta pré-moldada e uma cozinha anexa e uma área de serviços para os eventos da Igreja, e adequação de salas para o Departamento Infantil, Berçário e aparelhamento de uma sala com acústica para ensaios dos conjuntos da Igreja. Construiu a Igreja ainda dois alojamentos para Retiro Espiritual e outros eventos. Ainda a III IEC/JPA adquiriu um imóvel para a Congregação do Valentina onde construiu um templo. Ainda na atual gestão foi adquirido um terreno na Rota do Sol onde temos uma congregação para uma futura construção de um santuário. Sob o pastorado do pastor Eudes a Igreja ativou a sua pagina eletrônica na Internet, passou a publicar semanalmente o boletim informativo da Igreja bem como implementou, numa emissora de nossa Capital, um programa radiofônico intitulado A Voz Congregacional que é colocado no ar nas quartas-feiras, no horário das 20h as 21h. Ainda sob o atual pastorado foi implantado um trabalho evangelístico e de assistência social, nas segundas-feiras, na Casa de Acolhida (Projeto da Prefeitura Municipal de João Pessoa) onde pernoitam pessoas de rua, que não tem abrigo. A Igreja tem como uma de suas metas futura a construção de um novo santuário com 15mx35m, com galerias, visando acomodar uma quantidade maior de pessoas sentadas nos seus cultos.

    A III IEC/JPA tem hoje, entre membros e congregados, aproximadamente trezentos irmãos e conta no seu ministério com um Pastor Titular (Pr. Eudes Lopes Cavalcanti), um Pastor Auxiliar (Pr. Walter Moura), oito Presbíteros e doze Diáconos. Estão ainda servindo ao Senhor no campo da Igreja os Pastores Jedaías Rodrigues e André Swedsen. A III IEC/JPA tem sido agraciada por Deus na área de louvor com grupos organizados, a saber: Coral Filhos do Rei, Conjuntos Ebenézer (mulheres) e Getsêmani e o grupo de coreografia Despertando Vidas. Na sua estrutura administrativa a Igreja tem onze departamentos através dos quais as suas diversas atividades são executadas. A obra beneficente é feita pelo DBEN que atende aos irmãos carentes com fornecimento de cestas básicas, com medicamentos e outras coisas. O DBEN ainda realiza mensalmente um sopão num bairro de nossa Capital. A obra missionária é coordenada pela Secretaria de Missões (SEMI) da Igreja, que contempla as áreas de incentivo à obra missionária, evangelização, acompanhamento das Congregações e Seminaristas e abertura de novos trabalhos.

    Agradecemos a Deus pelo seu propósito na existência da III IEC/JPA, que tem procurado servi-lo com alegria e com dedicação, apesar de suas inúmeras limitações.    Soli Deo gloria.

                                                                                                                 A Direção da Igreja