Jovem muçulmano conhece Jesus lendo o alcorão e se converte ao Evangelho 

Um jovem muçulmano se converteu ao cristianismo depois de ler sobre Jesus no alcorão, livro sagrado do islamismo. Após o contato com a narrativa do filho de Deus, o desejo por conhecer mais o levou a buscar ajuda de missionários, que o evangelizaram e discipularam.

O relato da Missão Portas Abertas conta a história de Roton, um muçulmano devoto, tomou contato com os relatos sobre Jesus ao precisar ler o alcorão para seu pai, que havia ficado cego.

Durante as leituras, o exercício que era apenas um favor ao seu combalido pai, se tornou um interesse pessoal, e o levou a buscar maiores informações sobre Jesus. “No começo, eu estava apenas lendo para o meu pai. Mas, depois de alguns dias, eu percebi que estava cada vez mais curioso para descobrir a verdade sozinho. Por causa das histórias escritas no Alcorão, passei a crer em Jesus e me tornei cristão”, afirmou o jovem.

Leia mais...

Estado islâmico massacra cristãos e paga para quem entregar pastores evangélicos 

A ascensão do Estado islâmico no Oriente Médio tem levado cada vez mais perigo para os cristãos no Iraque, na Síria ou sudeste da Turquia, onde as tropas radicais militarizadas estão impondo suas regras com a violência.

Segundo o site Protestante Digital, na fronteira entre a Síria e a Turquia, o Estado Islâmico está massacrando os cristãos e promete recompensar aqueles que lhes entregarem os missionários e pastores que atuam na área.

Um missionário que trabalha na região conta que em uma das cidades, cujo nome foi omitido por segurança “há uma bela igreja com muitos filhos, e os pastores foram várias vezes em casa e são muito queridos por todos”. Ele pede ainda para que os cristãos orem para que Deus os proteja.

Leia mais...

Livro infantil distribuído em escolas públicas chama o diabo de “amigo” e Deus de covarde

 

Um livro distribuído nas escolas públicas do Brasil para estudantes matriculados no Ensino Fundamental se tornou o centro de uma polêmica na última semana, quando uma internauta divulgou imagens de trechos dos poemas, com supostas apologias ao diabo.

“A Máquina de Brincar”, escrito pelo gaúcho Paulo Bentancur, traz uma série de contos em forma de poema, e entre eles, alguns em que o diabo é mencionado como “um bom parceiro”.

Dividido em duas partes, “Para ler no claro” e “Para ler no escuro”, o livro foi escrito, segundo o autor, com a intenção de brincar com “o lado bom e o lado mau das coisas”.

Com poemas de títulos chamativos, como “O diabo que me carregue”, onde são feitos questionamentos sobre a existência de Deus, o livro compara Deus a uma criança medrosa e chama satanás de “amigo”: “Sossega! Vão falar mal aqueles que não estão contigo. Que não foram convidados pelo diabo, meu grande amigo”, diz um dos poemas.

A internauta Janilda Prata teve acesso ao material oferecido pela escola a sua filha e publicou fotos do livro no Facebook. A indignação da mãe foi compartilhada por outros 49 mil usuários da rede social, e a repercussão chegou à imprensa, com matérias publicadas por sites como o do Jornal de Brasília e Administradores.

Leia mais...

Um deus chamado Futebol

 

 

O Brasil é conhecido como o país do futebol, mas também não é por acaso: Ele é o único país pentacampeão mundial, por oito vezes foi campeão da Copa América, Copa das Confederações quatro vezes. Tem exportado jogadores para vários países, várias seleções tem um brasileiro originalizado para poder jogar. É o Brasil de Pelé, Romário, Ronaldo, Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Neymar, etc. É verdade, o Brasil tem muito do que se gloriar quando se fala de futebol e ainda temos… 2014 a Copa no país do futebol um fato histórico. Por falar da copa do mundo aqui no Brasil é impossível não se lembrar dos protestos e das roubalheiras por conta da construção de estádios de futebol. Sem falar dos artistas e ex-jogadores de futebol que vendiam suas imagens para o governo sem ao menos se lembrarem dos pobres brasileiros que fazem do futebol ser o que ele é. Já que é ano de copa então vamos esquecer os problemas e fingir que está tudo bem! Isso se chama hipocrisia, não existe outra palavra. Enquanto o povo sofre pela falta de segurança, educação e saúde o governo promove “circo”. O país do futebol é também o país da corrupção, prostituição, falcatrua, roubalheira e da falsa espiritualidade. A história novamente se repete o governo para ganhar o povo e fazer com que os mesmos esqueçam-se dos seus problemas dá-lhe entretenimento em forma de diversão. O teatro formado o público na expectativa de um grande espetáculo: Inicia a copa do mundo, protagonistas seleção brasileira, ator principal: Neymar Jr, Galã: David Luiz, local: Brasil. Expectativa 25 bilhões de reais o maior valor gasto em copa do mundo. A festa inicia os revoltados com os gastos e oportunistas dão uma trégua, a igreja evangélica se rende em sua grande maioria ao deus chamado futebol, o governo aproveita para se auto promover. Essa é a copa de Neymar! Ele vai se machuca, nas semifinais o Brasil leva uma goleada histórica 7×1 da Alemanha. A revolta vem átona e inicia uma onda de protestos novamente em várias capitais do Brasil. E a “igreja” que estava assentada assistindo aos jogos e fazendo planos para a final: POR UM TELÃO E ASSISTIR O BRASIL SER HEXA, NÃO TER CULTO.  Infelizmente o deus deste século tem cegado o entendimento de várias pessoas até mesmo do “povo” de Deus. Uma nação chorou copiosamente por conta da derrota diante da Alemanha. Fico a perguntar se alguma vez você já viu a cena abaixo de pessoas se derramando em lagrimas pelos seus pecados? Pessoas chorando pelos seus pecados. Para que serve o sal que não tem sabor? Mt  5.13.

Leia mais...

Cristã foi morta pelo marido muçulmano por não aceitar negar a sua fé 

Na última sexta feira (04), o Ministério Portas Abertas divulgou o caso de uma cristã etíope que foi assassinada por seu próprio marido por causa de sua fé. Maria Yusuf, da cidade de Boreda, na Etiópia, foi morta por seu marido, que é muçulmano, no dia 22 de junho, após se recusar a negar sua fé.

Maria era muçulmana quando se casou, e se converteu ao cristianismo há cerca dois anos. No país, as pessoas que se convertem do islamismo são muitas vezes colocadas sob forte pressão para se retratar a sua fé. No caso de Maria, essa pressão culminou em sua morte, pelas mãos de seu próprio marido.

O Portas Abertas informou ter recebido informações de um informante no país de que Maria era constantemente espancada pelo marido, após ter se convertido ao cristianismo. Ela, inclusive, já havida denunciado essa situação à polícia.

Leia mais...

Funcionária de banco é demitida por desejar “um dia abençoado” aos clientes 

Uma funcionária de um banco da cidade de Walton, no estado norte-americano do Kentucky, foi demitida por dizer “tenha um dia abençoado” para os clientes da instituição.

Polly Neace trabalhava há mais de 20 anos no banco, e recentemente vinha recebendo advertências dos superiores, que alegavam que os clientes do banco haviam reclamado da postura dela, que era caixa.

Esse é mais um caso da intolerância religiosa contra cristãos nos Estados Unidos. O país, de origem e tradição cristã, atravessa uma fase de intensa secularização, e muitos casos semelhantes a esse vem sendo registrados.

De acordo com informações da Fox News, Polly afirmou que deseja “um dia abençoado” a todos os clientes do banco desde 2009. “Eu não acho que exista nenhum tipo de dia melhor que você possa ter senão um dia abençoado”, afirmou a ex-bancária.

Leia mais...

Cristã sudanesa que havia sido condenada à morte por ter se convertido ao Evangelho tem sentença anulada

 A sudanesa que havia sido condenada à morte por ter se convertido ao cristianismo e casado com um cristão conseguiu anular a sentença e está livre. Meriam Yahia Ibrahim Ishag, 27 anos, estava grávida na época da condenação, e deu à luz a uma menina na prisão.

A libertação aconteceu ontem, segunda-feira, 23 de junho, após um tribunal de Cartum anular a sentença de morte por apostasia. O caso foi noticiado pela imprensa estatal do Sudão e confirmado pelo advogado de defesa de Meriam.

O processo contra Meriam por apostasia (abandono da fé) do islamismo foi anulado pela Corte de Apelações e o advogado também informou que ela já estava em casa, com a família.

Filha de pai muçulmano, mas criada na fé cristã, Meriam só se tornou alvo de acusações de apostasia quando estava prestes a dar à luz ao segundo filho do casamento com Daniel Wani, que também é cristão e foi preso. O casal já tem um filho de 1 ano e 8 meses.

Leia mais...

Pastor prevê maior intolerância a cristãos e diz que pregar “Jesus como o único caminho” será visto como discurso de ódio

 Um tempo de intolerância ainda maior à mensagem do Evangelho se avizinha, de acordo com o pastor Bryan Chapell, que acredita que apontar Jesus como o “único caminho” será visto como discurso de ódio muito em breve.

O pastor presbiteriano diz que o pluralismo louvado por muitos sociólogos é mais ameaçador ao Evangelho do que as ideologias que pregam a desconstrução do gênero ou o incentivo à homossexualidade.

“Dizer que Jesus é o único caminho será interpretado como discurso de ódio”, disse Chapell, pastor sênior da Grace Presbyterian Church em Peoria, no estado norte-americano de Illinois, durante a 42ª Assembleia Geral da Igreja Presbiteriana na América (PCA na sigla em ingês), realizada em Houston, Texas.

Leia mais...

Extremistas islâmicos assassinam cristãos “de casa em casa” durante ataque a cidade do Quênia

 

 

Na última semana uma série de ataques realizados por um grupo de extremistas islâmicos da Al Shabab, da Somália, resultou na morte de 48 cristãos na cidade costeira de Mpeketoni, no Quênia. Os extremistas causaram dois dias de terror na cidade, passando de casa em casa para assassinar as pessoas que não se enquadravam em padrões definidos por eles.

Armados, os extremistas foram de porta em porta questionando se as famílias que residiam em cada casa eram muçulmanas e falavam somali. Segundo o Padom, caso a resposta não agradasse os extremistas, eles abriam fogo imediatamente contra a família.

Leia mais...

Missionário sul-coreano é condenado a pena perpétua de trabalhos forçados por evangelizar na Coréia do Norte

 Um missionário sul-coreano foi condenado à prisão perpétua em uma prisão norte-coreana para tentar organizar igrejas subterrâneas no país. Kim Jung-wook foi condenado após confessar ter cometido “atos religiosos contra a Coreia do Norte” durante o seu julgamento na última sexta-feira. Ele agora irá servir uma sentença de prisão perpétua de trabalhos forçados na prisão.

De acordo com o Christian Headlines, Kim Jung-wook foi acusado também de transportar equipamento de vigilância, em um suposto esforço para espionar a família Kim, família do chefe do único partido político da nação.

A Coreia do Sul negou qualquer associação com Kim, que pediu desculpas por seu trabalho missionário no julgamento e implorou por uma alternativa à pena de morte.

Leia mais...

Mulher condenada à pena de morte no Sudão por ser cristã dá à luz na prisão 

Nas últimas semanas os meios de comunicação do mundo inteiro se voltaram para o caso de Meriam Yahia Ibrahim Ishag, de 27 anos, que foi condenada à morte no Sudão por apostasia ao islamismo depois que se casou com um cristão e engravidou. Nessa terça feira Ishag deu à luz na prisão, segundo um diplomata ocidental, chamando ainda mais a atenção para seu caso.

- Deu à luz uma menina hoje – declarou o diplomata, que ressaltou que é “cruel se encontrar nesta situação”.

Filha de um muçulmano, a jovem foi condenada em meados de maio em virtude da lei islâmica vigente no Sudão desde 1983 e que proíbe as conversões, sob pena de morte. Porém, de acordo com a Anistia Internacional, Ishag foi criada no cristianismo ortodoxo, religião de sua mãe, visto que seu pai, que é muçulmano, não esteve presente em sua vida durante sua infância.

 

Leia mais...

Muçulmano apedreja filha grávida por ela ter escolhido se casar por amor: “Não tenho remorso” 

Uma mulher grávida foi apedrejada até a morte por sua própria família no Paquistão, na última terça-feira. O pai de Farzana Parveen, 25 anos, afirmou que o assassinato era um “crime de honra”, pois sua filha havia se casado por amor, contra a vontade de sua família.

“Eu matei a minha filha pois ela havia insultado toda a nossa família ao se casar com um homem sem o nosso consentimento, e não tenho nenhum remorso sobre isso”, disse o homem à polícia.

Farzana Parveen teria se casado com um homem chamado Mohammad Iqbal, e enquanto ela esperava em frente ao prédio do Tribunal para depor em defesa de seu marido contra a acusação de rapto feita por seu pai, sua própria família a apedrejou.

Leia mais...

Pastor Saeed Abedini é espancado em hospital e levado de volta à prisão no Irã; Líderes cristãos pedem oração

 

O pastor Saeed Abedini foi reenviado à prisão no Irã após ser agredido no hospital onde se recuperava de uma cirurgia feita para reparar os danos físicos sofridos durante as sessões de tortura a que foi submetido nos interrogatórios.

Abedini estava há dois meses no hospital e na terça-feira, 20 de maio, foi espancado e transferido de volta à prisão, segundo informações do Centro Americano de Lei e Justiça (CALJ), que tem representado o pastor na luta por sua libertação.

“Este é um desenrolar extremamente decepcionante – que quebra o meu coração. Nossa família está profundamente entristecida e continuamos a orar por Saeed, pela sua segurança e sua libertação. Estamos muito gratos que tantas pessoas ao redor do mundo continuem a orar por Saeed”, afirmou Nagmeh, a esposa do pastor.

Leia mais...

Intolerância e perseguição religiosa contra cristãos cresce na Europa, dizem pesquisadores 

O relatório de uma pesquisa realizada em 2011 sobre perseguições sofridas por cristãos na Europa mostrou que tais incidentes estão crescendo no Velho Continente.

O Observatório sobre a Intolerância Religiosa e Discriminação na Europa (ODSMA) afirmou que na Inglaterra, 74% da população entende que os cristãos são tratados com injustiça com mais frequência do que os adeptos de outras religiões. Na Escócia 95% dos atos sectários são praticados contra cristãos, enquanto apenas 2,3% são contra judeus e 2,1% contra muçulmanos.

Na França, os dados do Observatório apontam que as agressões a locais de cultos cristãos cresceram 84%. As manifestações hostis geralmente são feitas com palavrões à porta dos templos.

Leia mais...

Casal cristão é multado e ameaçado de prisão por alimentar moradores de rua 

Um casal cristão foi multado em US$ 700 e ameaçado de prisão por desenvolver um trabalho social de ajuda a moradores de rua na cidade de Daytona, na Flórida. Aposentados, Debbie e Chico Jimenez serviam refeições à moradores de rua, e foram avisados pela Polícia de que não poderiam continuar com a ação.

O casal e outros quatro voluntários serviam cachorro-quente, macarrão, frango e outros alimentos básicos para os sem-teto quando foram autuados e aconselhados a interromperem o serviço, a fim de evitar que fossem presos.

Leia mais...

Mulher grávida é condenada à morte por enforcamento no Sudão por ter se casado com cristão

 Uma mulher foi condenada à morte no Sudão por apostasia ao islamismo depois que se casou com um cristão e engravidou.

Um tribunal estadual no norte do país, que tem maioria muçulmana e é regido pela lei islâmica, sharia, condenou a gestante de oito meses à morte. Maryam Yahya Ibrahim casou-se com um cristão no país vizinho, Sudão do Sul.

A Anistia Internacional afirmou que ela havia sido criada como uma cristã ortodoxa, assim como sua mãe. No entanto, as autoridades sudanesas a consideram muçulmana, porque essa é a fé professada por seu pai, mesmo ele sendo ausente na infância de Maryam.

Leia mais...

Número de muçulmanos quase dobrou no último século, enquanto cristãos pararam de crescer, aponta estudo 

Enquanto o extremismo muçulmano cresce a cada dia mundo afora, uma pesquisa sobre religião no mundo pode despertar uma nova preocupação para os cristãos: o islamismo tem crescido a taxas mais altas do que o cristianismo.

De acordo com o site Christianity Today, o levantamento aponta que o número de cristãos estagnou, enquanto o número de adeptos ao islamismo aumenta exponencialmente.

O consultor de missões Dick Slikker, do grupo cristão Project Care, apresentou dados que mostram um comparativo entre o número de cristãos e muçulmanos entre 1900 e 2010. No período, a proporção de cristãos no planeta se manteve a mesma, enquanto os muçulmanos quase duplicaram a quantidade de fiéis.

Leia mais...

Perseguição religiosa atinge um a cada quatro cristãos no mundo, alerta líder 

Um a cada quatro cristãos do mundo é perseguido por conta de sua fé e o horizonte que se desenha é o de uma iniciativa de radicais islâmicos que pretendem eliminar os seguidores de Jesus do planeta. O alerta foi feito na última semana pela Igreja Ortodoxa Russa.

O bispo Hilarion Alfeyev, chefe do Departamento de Assuntos Eclesiásticos do Patriarcado de Moscou, revelou que “o número de países onde os cristãos são perseguidos dobrou entre 2007 e final de 2012”, e que atualmente, 25% dos convertidos ao Evangelho se sente perseguido.

“Hoje, um em cada quatro dos cristãos no mundo são discriminados em razão da religião (…) Isto não se resume a incidentes locais. É uma tendência que é registrada em várias regiões do mundo “, afirmou Alfeyev, de acordo com informações do site Ria Novosti.

Leia mais...

Governo da China ordena demolição de igreja cristã que se tornou símbolo da resistência pela liberdade religiosa 

Nessa segunda feira (28), autoridades chinesas ordenaram a demolição da igreja protestante Sanjiang, localizada na cidade de Wenzhou. A destruição do templo cristão aconteceu apesar de semanas de protestos dos fiéis e de uma promessa das autoridades do país de que a igreja não seria demolida.

Segundo informações do The Telegraph, uma associação de defesa à liberdade religiosa no país detalhou que a destruição da igreja foi ordenada pelo secretário local do Partido Comunista da China, que teria manifestado seu desagrado após ver a grande cruz que se destaca no templo, durante uma visita ao local.

Leia mais...

Massacre de cristãos no Sudão do Sul deixa milhares de mortos em estradas e igrejas 

Um conflito étnico e político no Sudão do Sul tem deixado milhares de vítimas em todo o país. Os ataques tem se tornado cada vez mais violentos, e estão deixando um rastro de morte, com na cidade de Bentiu, em que o massacre deixou corpos em estradas, mesquitas e igrejas.

De acordo com a BBC, o massacre da última semana está entre os mais chocantes já registrados no país. O ministério Portas Abertas afirma que diversas igrejas foram atacadas e saqueadas, e a ONU estima que os conflitos já deixou milhares de mortos e mais de 750 mil refugiados.

Leia mais...

Muçulmana afegã se converte ao Evangelho após sobreviver a tempestade durante fuga de seu país

 Uma mulher muçulmana que buscava exílio de seu país, Afeganistão, revelou como se converteu ao cristianismo durante a viagem de barco à Europa.

Durante uma tempestade, ela e outras 65 pessoas estavam espremidas na embarcação, sem comer ou beber há três dias, quando veio a constatação desesperada: “Nós vamos morrer”. Ela e outras pessoas passaram a fazer preces a Alá, pedindo por sobrevivência.

No meio do terror da tempestade, o barco mergulhou de bico, jogando todas as pessoas numa única direção. Nesse momento, lembrou de partes de uma conversa que teve com sua irmã, cristã, na Austrália, e com seu irmão, também cristão, na Alemanha.

Leia mais...

Extremistas islâmicos sírios mantém bebê cristão como refém sob a mira de fuzis e usam foto para pressionar governo 

Os rebeldes sírios que perseguem aos cristãos no país chocaram o mundo na última terça-feira com a publicação de uma foto em que um bebê é mantido sob a mira de fuzis com a legenda “nosso refém mais novo”.

A facção rebelde síria pede a deposição do presidente Bashar Al-Assad desde o início da Primavera Árabe. Com os protestos, os cristãos passaram a ser perseguidos no país, que era considerado um local tranquilo para que os cristãos praticassem sua fé.

Leia mais...

Cristãos são presos em universidade por distribuírem panfletos dizendo que a homossexualidade é pecado, ASSISTA O VIDEO.

 Dois evangelistas foram presos no campus de uma universidade canadense por distribuírem folhetos que pregavam contra a homossexualidade, dizendo que a prática é pecaminosa. Peter LaBarbera e Bill Whatcott  fazem parte de um grupo chamado The Truth About Homosexuality (“A verdade sobre a homossexualidade”, em tradução para o português).

Os cristãos foram abordados por um funcionário da universidade, que pediu que eles se retirassem, pois a instituição tinha regras que proibiam a distribuição de folhetos em suas dependências.

Na conversa, o evangelista Whatcott rebateu o funcionário dizendo que eles estavam exercendo seu direito à liberdade de expressão, e que haviam procurado a universidade para conseguir permissão e foram ignorados.

Leia mais...

Missionário relata experiência de evangelismo na Península Árabe e diz que “corações muçulmanos estão abertos ao Evangelho” 

Um missionário na Península Árabe, que inclui países como o Kuwait, Arábia Saudita, Catar, Emirados Árabes Unidos, Iêmen e Bahrein, revelou que as estratégias de evangelização junto a muçulmanos devem ser criativas e sutis, pois os seguidores do islamismo “têm o coração aberto ao Evangelho”.

O relato do missionário foi publicado pela Missão Portas Abertas, e seu nome foi alterado para que sua identidade fosse preservada. O missionário John (nome fictício), acordou certo dia com a ideia de deixar exemplares da Bíblia em locais estratégicos, para que fossem encontradas pelas pessoas e então, lidas.

Leia mais...

Cristãos são presos no Irã por se reunirem para estudar a Bíblia Sagrada 

Um grupo de cristãos iranianos foi condenado à prisão por participar de um estudo bíblico. O governo do país entendeu que os fiéis “agiram contra a segurança nacional” e fizeram “propaganda contra a ordem do sistema”.

As penas determinadas pelo Poder Judiciário do Irã aos fiéis tem duração diferente para cada um dos acusados, de acordo com informações do Acontecer Cristiano.

Mohammad Roghangir foi condenado a seis anos de prisão; Massoud Rezai pegou cinco anos; Mehdi Ameruni e Bijan Farokhpour Haghighi foram sentenciados a cumprir três anos de detenção; Shahin Lahouti e Suroush Saraie receberam dois anos e meio de pena; e Eskandar Rezai e Roxana Forghi receberam, cada um, um ano de sentença.

Leia mais...

Casal cristão é condenado à morte por blasfêmia contra Maomé em mensagens de texto

 

Um casal cristão foi condenado à morte no Paquistão por conta de blasfêmia contra o islamismo. A acusação foi feita a partir de um sms enviado a um imã (líder religioso muçulmano) com teor de injúria ao profeta Maomé.

Shafqat Emmanuel e sua esposa, Shagufta Kausar, foram condenados por um Tribunal no último dia 04 de abril na cidade de Toba Tek Singh. Segundo informações da agência EFE, a defesa do casal irá recorrer da sentença.

A mensagem de texto teria sido enviada em junho de 2013, e a princípio, seria uma conversa entre marido e esposa que terminou flagrada pelas autoridades. A lei do país prevê pena de morte para ofensas contra Maomé, e foi criada na época em que o Paquistão era uma colônia britânica.

Leia mais...

Pastores temem que o governo do Sudão use a lei islâmica para eliminar o cristianismo do país

 A aplicação da lei islâmica (Sharia) no Sudão tem preocupado líderes cristãos, que temem que a constituição do país seja usada como ferramenta para eliminar o cristianismo em seu território. Tal preocupação surgiu depois da declaração do presidente do Sudão, Omar al-Bashir, que afirmou que a constituição do país terá bases ainda mais profundas na Sharia.

De acordo com o ministério Portas Abertas, o Ministério de Orientação Religiosa do Sudão ameaçou de prisão os líderes de igrejas que não interromperem suas atividades evangelísticas no país e também aqueles que não cumprirem a ordem de passar suas informações pessoais e de contato às autoridades do país.

- Nós tomaremos medidas legais contra pastores que estão envolvidos em pregações ou atividades religiosas – afirmou Omar al-Bashir.

Leia mais...

Milhares de fiéis formam escudo humano para impedir demolição de igreja na China

 Para evitar a demolição de uma igreja recém-inaugurada, milhares de cristãos formaram um escudo humano em torno do templo na província de Zhejiang, na China. As autoridades do país haviam ameaçado demolir a igreja por considerarem a construção muito grande.

Localizado na cidade de Wenzhou, o templo da Igreja Cristã Sanjiang custou mais de US$ 4,8 milhões e levou seis anos para ficar pronto.  A cidade é considerada uma das que mais concentram cristãos no país.

De acordo com Charisma News, milhares de fiéis se reuniram em frente à igreja na última sexta-feira, 04 de abril, para evitar que as equipes de demolição tivessem acesso ao templo. No grupo haviam idosos e deficientes.

“Eu dormi aqui ontem à noite e eu vou fazer o mesmo outra vez esta noite. Nós colocamos dois bancos juntos, então foi tudo bem. Sentimo-nos em paz e sem medo quando estamos com o nosso Deus”, afirmou Ele Hongying, um senhor de 81 anos, membro da igreja.

Leia mais...

Escolas cristãs no Paquistão conquistam apoio de muçulmanos por conta de trabalhos sociais relevantes

As escolas cristãs no Paquistão, país de maioria islâmica, tem se estabelecido e alcançado sucesso a partir do apoio dos líderes muçulmanos das regiões onde estão instaladas. O caso raro de cooperação entre cristãos e muçulmanos tem trazido benefícios sociais ao país.

A Murree Christian School, construída a 7 mil metros de altitude, na base das montanhas do Himalaia, é um dos exemplos. Instalada no local desde 1956 por missionários anglicanos, a escola recebe alunos de 4 a 12 anos de idade.

Há 12 anos, foi alvo de um ataque terrorista, quando no dia 6 de agosto de 2002, quatro homens armados invadiram o local e mataram seis paquistaneses. Hoje, a escola não aparenta marcas do ataque, e faz um trabalho importante para a sociedade: além de educar, serve de ponto de contato e equilíbrio entre cristãos e muçulmanos.

Leia mais...

Ataques de grupo muçulmano causam destruição de 20 igrejas cristãs na Nigéria 

Ataques promovidos por um grupo islâmico deixou mais de 20 igrejas cristãs destruídas no último mês na Nigéria. Os ataques aconteceram no estado de Benue, que tem 95% de sua população composta por cristãos.

Segundo o Portas Abertas, os responsáveis pelos ataques são um grupo de muçulmanos conhecidos como Fulani. Oriundos de estados vizinhos, eles atacaram várias comunidades, matando fazendeiros Tiv, uma maioria etno-linguiística no estado de Benue, e ateando fogo às suas casas. Os Fulani são um grupo étnico migratório de vaqueiros do norte da Nigéria e de toda África central e ocidental.

Até mesmo o governador de Benue, Gabriel Suswam, teve seu comboio atacado em uma emboscada por vaqueiros Fulani no último dia 11 de março, envolvendo seus agentes de segurança em um tiroteio em uma das vilas mais afetadas da região de Guma. Suswam escapou ileso ao ataque.

De acordo com Yiman Orkwar, presidente da filial da Associação Cristã da Nigéria em Benue, cerca de 20 igrejas do Ministério de Todas as Nações Evangélicas foram destruídas durante os ataques.

Leia mais...

Nova legislação antiterrorismo na Turquia permite a libertação de suspeitos de assassinar cristãos 

A legislação antiterrorismo da Turquia passou recentemente por alterações que a tornaram menos rígida e dessa forma, permitiu a libertação de acusados de matar cristãos mediante o pagamento de fiança.

A Missão Portas Abertas alertou para o caso de cinco muçulmanos suspeitos de torturar e matar três cristãos em abril de 2007, que foram libertados sob fiança no último dia 7 de março, segundo informações do noticiário local.

As mudanças, aprovadas pelo parlamento e sancionadas pelo presidente do país no último dia 6 de março, reduziram de dez para cinco anos o tempo máximo de detenção de suspeitos que não tenham sido condenados, com libertação imediata após o pagamento da fiança.

Leia mais...

Com estratégia de guerra, extremistas muçulmanos matam mais de 100 cristãos na Nigéria; Ore pela Igreja Perseguida 

O grupo extremista islâmico Boko Haram voltou a atacar cristãos na última semana em diversas aldeias nigerianas. Mais de 100 fiéis foram mortos nos ataques.

O ataque terrorista foi feito simultaneamente a várias aldeias do estado de Kaduna, uma região em que a agricultura é a principal atividade econômica e os cristãos são maioria.

Os relatos iniciais revelaram que os terroristas chegaram às aldeias em grupos fortemente armados, e não só atentaram contra a vida dos cristãos, mas também incendiaram casas e outras edificações.

O pastor Gandu Nkut Yakubu, representante regional da Associação Cristã da Nigéria (CAN) afirmou que esse foi “o ataque mais cruel em nossas comunidades e levou mais de 100 cristãos à morte”.

Leia mais...

Pastor Saeed Abedini tem cirurgia negada e é mantido acorrentado em prisão no Irã

A situação do pastor americano Saeed Abedini, preso no Irã desde setembro de 2012, se tornou ainda mais complicada na última semana, quando teve negada pelas autoridades iranianas uma cirurgia considerada urgente e delicada. Removido do hospital onde estava recebendo tratamento, o pastor foi levado de volta à prisão, onde permanece acorrentado.

Abedini havia sido transferido para o hospital há mais de uma semana. Ele estava recebendo tratamento médico e passaria por uma cirurgia para acabar com a dor crônica, que sofre devido aos espancamentos em que foi submetido na prisão. Porém os médicos se recusaram a tratá-lo, e pediram para que ele fosse levado de volta à prisão.

 

Leia mais...