Editora Vida

DESCRIÇÃO

  •  Como deve ser a adoração?
  •  Há apenas uma maneira verdadeira de adoração?
  •  Existem formas impróprias?
  •  Até que ponto a unidade cristã se manifesta na adoração coletiva?

Adoração ou show traz um fórum sobre seis proeminentes estilos de adoração e suas respectivas apresentações, críticas e defesas:

  •  Litúrgica formal
  •  Tradicional com hinos
  •  Contemporânea
  •  Carismática
  •  Combinada
  •  Emergente

  Este formato único de debate teológico permite que o leitor compreenda as várias abordagens, avalie os pontos fortes e fracos de cada uma, compare as diferentes perspectivas e chegue a suas próprias conclusões sobre esse tema palpitante. 

Editora Hagnos

 

DESCRIÇÃO

 

Nesta obra, Justo González reúne uma série de tópicos aparentemente diversos, mas unidos pelo fio condutor da necessidade de relacionar a história da igreja com a vida da igreja. O importante aqui é, principalmente, mostrar que a história da igreja não é apenas o estudo de tempos passados e de pessoas já mortas, mas um estudo que se empreende no presente, com vistas ao futuro, e que, portanto, está estreitamente relacionado com a vida e a missão da igreja.       

Sobre o Autor:   Justo L. González é bacharel em teologia pelo Seminário Evangélico de Matanzas, em Cuba, e doutor em filosofia pela Universidade de Yale, nos Estados Unidos. É casado com a professora de História Catherine Gonsalus González, e mora em Atlanta, Georgia, Estados Unidos, onde se dedica ao ensino, pesquisa e produção de livros.

 

Editora Hagnos

DESCRIÇÃO

 

A Enciclopédia está dividida em cinco seções para facilitar as consultas:

- Fatos sobre a origem da Bíblia — cobrindo tudo desde arqueologia às profissões.

- Fatos de toda a Bíblia — revendo os livros, as batalhas, os eventos, os lugares, as pessoas e os ensinamentos.

- Fatos do Antigo Testamento — fornecendo uma análise sobre os autores, as datas, as línguas, as crenças e os resumos de cada livro com seus respectivos versículos-chave.

- Fatos do Novo Testamento — fornecendo uma análise sobre os autores, as palavras, as crenças e tudo que você precisa saber sobre Jesus, Paulo e a igreja primitiva.

Leia mais...

EDITORA FIEL

DESCRIÇÃO

 

Existem apóstolos hoje?

O livro que o leitor tem em mãos é fruto de um cuidadoso e profundo estudo bíblico, realizado pelo autor Dr. Augustus Nicodemus, que investigou quais as marcas, caráter, papel e limites do ministério apostólico.

Um livro necessário e urgente para a igreja de nossos dias, especialmente para o entendimento de questões relativas á interpretação bíblica e à liderança e à estrutura da igreja.

Editora Fiel

 

Descrição

O experiente pastor Alistair Begg observa que muito do que é dito nos púlpitos hoje em dia não pode ser considerado como algo que esteja baseado na Bíblia ou que glorifique a Deus e transforme vidas.
Em vez de prepararem uma dieta permanente de carne espiritual, os pastores estão servindo erroneamente um lanche focalizado no ego, deixando, em última análise, as congregações mal nutridas e despreparadas para permanecerem firmes quando a fé é desafiada.
Reconhecendo a necessidade de um retorno à pregação bíblica, Begg traz explicações sobre a natureza e o poder da pregação expositiva, e demonstra sua importância na vida da igreja.

Editora HAGNOS

DESCRIÇÃO

O livro Quando a teologia faz diferença, publicado pela Editora Hagnos em parceria com a Faculdade Teológica Batista de São Paulo, como o seu subtítulo indica, traz diversos recursos para que o pastor, evangelista, missionário, educador religioso possam exercer seu ministério com mais eficiência e contextualização diante dos desafios do mundo pós-moderno. Os autores têm larga experiência ministerial nos temas tratados.

Cada capítulo traz recursos que podem ser aplicados nas diversas facetas ministeriais de modo a proporcionar melhor interação do ministro com o ambiente em que vive, a partir de princípios bíblicos, teológicos e áreas complementares. 

Os capítulos podem ser lidos de forma sequencial ou aleatória, dependendo da prioridade e escolha do leitor. Além disso, as ênfases são tanto no campo da prática ministerial, como no campo da reflexão e do comportamento e visam maior compreensão do mundo contemporâneo para que o ministério possa ser exercido com mais excelência.

Os assuntos dos capítulos são diversificados de forma a oferecer um leque mais abrangente dos atuais interesses e necessidades eclesiásticas. Pastores e ministros serão grandemente enriquecidos com a leitura.

 

DESCRIÇÃO

 

"Quando eu iniciei o meu ministério, dediquei-me à pregação expositiva, explicando apenas a Bíblia, porque sabia que não houve nada que eu pudesse dizer que seria tão importante quanto àquilo que Deus havia dito. O algo real do meu ministério sempre tem sido manter as minhas próprias opiniões fora da pregação o quanto possível. Jamais quero ser culpado de dar às pessoas a ilusão de já ouviram de Deus quando na verdade somente ouviram de mim. Quando entro no púlpito, a expectativa é que sou mensageiro de Deus. Eu falo a favor dele e não a favor de mim mesmo."

 

Editora HAGNOS

DESCRIÇÃO

 

Mães Intercessoras, vem despertar as mães para se levantarem como reparadoras de brechas, como intercessoras de uma geração que carece desesperadamente da graça de Deus. Através da intercessão, a igreja será despertada e revestida de poder, o fogo do Espírito cairá e o mundo será impactado como foi no Pentecostes.

Ao ler este livro, você se sentirá encorajada e desafiada a viver uma vida plena de oração na presença do Senhor.
Rev. Hernandes Dias Lopes, é escritor, com vinte obras escritas, conferencista e pastor da Primeira Igreja Presbiteriana de Vitória desde 1985. É Bacharel em Teologia pelo Seminário Presbiteriano do Sul (Campinas - SP) e Doutor em Ministério pelo Reformed Theological Seminary (EUA).

Editora Hagnos

 

A cidade é o grande desafio para a Igreja. Desenvolvidos ou primitivos, nômades ou solidamente estabelecidos, os ajuntamentos de núcleos humanos, a que chamamos de cidades, seja qual for o modus vivendi, são os locais onde devemos instalar nossas bases.
Assim, quem quiser ganhar uma nação para Cristo, deverá fazê-lo, cidade por cidade, uma vez que estas são o objeto básico do projeto da Igreja.


Não pretendemos analisar o chamado fenômeno urbano, mas, modestamente, sugerir que a Igreja tem uma missão nesse contexto e, mais, que o mesmo é o seu palco preferencial.


A Igreja só cumprirá sua vocação, se conseguir entender os seguintes aspectos:
·  A relação entre a cidade e o indivíduo;

  • ·  A relação entre a cidade e a próxima Igreja, no que tange a abordagem desta para com aquela;
  • ·  A que está por detrás da cidade e como enfrentá-lo; 
  • ·  Que projeto desenvolver para cada cidade.


O Autor:
Ariovaldo Ramos é Teólogo e Filósofo, pai de Myrna e Rachel. O autor é Escritor, Conferencista, Pastor da Comunidade Evangélica Reformada, um dos Pastores da Igreja Batista da Água Branca e Pastor Colaborador da Igreja da Relva.
É responsável pelo Ministério Seminário Livre de Missão Integral e do portal ariovaldoramos.com.br. Membro da Assembléia da Visão Mundial - Coordenador do Movimento São Paulo pela Paz, Diretor da Faculdade Latino Americana de Teologia Integral (FLAM), Superintendente do Ministério Jeame, Diretor da Agência Missionários Kairós.

Editora Fiel

O Peregrino tem sido reimpresso, lido e traduzido com mais freqüência do que qualquer outro livro, exceto a Bíblia. Pessoas de todas as idades têm encontrando deleite nesta história simples e sincera de Cristão. Os acontecimentos assemelham-se a vida, sucedem-se, com rapidez e consistência.
 
Esta nova edição traz elementos que estimularão a leitura: o texto integral da obra, notas explicativas das alegorias de Bunyan, referências bíblicas, os personagens e assuntos em foco, breve sentenças à margem do texto chamando a atenção ao conteúdo dos parágrafos, desenhos ilustrativos, 23 capítulos especificando os assuntos da obra e a visualização fácil do conteúdo da página, de modo que o leitor escolha o que deseja ler- somente o texto original ou somente as notas explicativas, ou somente as breves sentenças, Todos estes elementos tornarão a leitura ainda mais agradável.


Editora Mundo Cristão

 

É possível um cristianismo sem igreja? 
                                      Para vários movimentos evangélicos a resposta é sim. 

Muitos entendem que não há espaço no mundo atual para essa organização milenar chamada igreja. E apontam que é a espiritualidade que deve ser nutrida e valorizada. Quanto menos regras e hierarquia melhor. 
Há outros para os quais a resposta é não. Dentre esses, estão Kevin DeYoung e TedKluck, que continuam acreditando à igreja o espaço ideal para o povo de Deus ter a experiência comunitária, louvar, adorar e nutrir-se da Palavra.
No momento em que a Igreja, em sua variedade de modelos, está no centro dos debates, os autores apresentam razões e motivações que comprovam quão distante está essa instituição de ter a falência decretada.
 
Sobre o Autor:
Kevin DeYoung é Pastor Senior da Igreja Reformada Universitária, em  Michigan. Bacharel pelo Gordon Conwell Theological Seminary é autor de vários livros, entre eles Why We Are Not Emergent ( no prelo ). Kevin é casado com Trisha e tem três filhos.

Ted Kluck escreve para as principais revistas esportivas dos EUA, como a ESPN Magazine. Assim como Kevin, Ted vive com sua esposa, Kristin,e seus filhos em Michigan. 

Editora: Bello Publicações

      

    Com Deus, Nunca é Tarde Demais para Melhorar o Seu Casamento. Muitas pessoas entram em um casamento porque esperam que a outra pessoa faça algo por elas, lhes dê alguma coisa, seja responsável por “fazê-la feliz”. 
     Contudo, precisamos ver o casamento do ponto de vista de dar e não de receber. 

     Quando cada parceiro se dedica totalmente a pensar “o que posso fazer por você?”, cada um deles receberá tudo o que deseja – e muito mais.
     A Bíblia diz: “É mais bem-aventurado dar do que receber” (Atos 20:35). E a respeito do casamento: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio” (Hebreus 13:4).
    Um bom casamento não acontece por acaso, não importa o quanto você estava desesperadamente apaixonado quando se casou. Você precisa ser criativo.

Editora HAGNOS

O livro demonstra como Deus se deixar revela através das mais variadas manifestações. 
Mostra ao leitor a oportunidade de acompanhar um panorama dinâmico da revelação de Deus desde atos simples às manifestações gloriosas que tem por objetivo estabelecer um relacionamento pessoal e íntimo com o ser humano.

Editora Ultimato

 “Enquanto ensinamos em nossas igrejas sobre a segunda vinda de Jesus, alguns povos nem sequer sabem que ele já veio pela primeira vez.”
Este livro expõe com palavras uma parcela do pensamento evangélico brasileiro em relação à sociedade indígena nacional e convida-nos a avaliar nossa história como Igreja de Cristo.
O movimento evangélico é aqui bem descrito, com autoridade, por gente que pensa e também faz. Os dezessete autores são homens e mulheres capazes e íntegros, os quais abertamente têm fomentado ideias em relação ao universo cultural indígena, por vezes tão excluído do Brasil maior.
Na tentativa de repensar a realidade de nossos irmãos indígenas, é preciso filtrar a informação sobre a atuação missionária evangélica em relação a eles. Por anos assistimos às injustiças mais profundas contra a sociedade indígena sem nutrirmos sentimento algum de revolta ou ao menos desconforto. Era um mundo à parte, responsabilidade de outros; a dor dos sofridos não era nossa luta.
Indígenas do Brasil vem revelar a vocação evangélica para se importar, e espero que cumpra a sua missão em muitas vidas. Vem também expor algumas das barreiras que enfrentamos no cumprimento do nosso papel, além de reconhecer diversas limitações que temos. Mas, acima de tudo, é uma convocação — uma convocação para percebermos que há vários universos sociais paralelos neste país. Um deles é a sociedade indígena. Há muito a ser feito, mas podemos começar com o primeiro passo: nos importarmos. 

Ronaldo Lidório

Editora Hagnos

Peter Scazzero aprendeu a duras penas que não se pode ser espiritualmente maduro enquanto se permanece emocionalmente imaturo. Embora pastor de uma igreja em crescimento, ele fez o 
que faz a maioria:

• Evitar conflito em nome do cristianismo
• Ignorar a raiva, a tristeza e o medo
• Usar Deus para fugir de Deus
• Viver sem prestar atenção aos limites

No final, Deus o despertou para uma integração bíblica de saúde emocional, relacionamento com Jesus e práticas clássicas de espiritualidade contemplativa. Isso criou nada menos que uma revolução espiritual, transformando-o profundamente e à sua igreja.

Neste livro, Scazzero esquematiza sua jornada e os sinais da espiritualidade emocionalmente saudável. Ele fornece sete formas bíblicas de exame da realidade para prosseguir em uma verdadeira revolução cujo propósito é Cristo para você. 

“A combinação de saúde emocional e espiritualidade contemplativa”, diz ele, “libera o Espírito Santo dentro de nós para que possamos conhecer de forma experimental o poder de uma autêntica vida em Cristo”.

Editora Shedd Publicações

Pergunte a alguém na rua a respeito de Jesus e a resposta consistirá principalmente em ignorância ou ficção. Diversos livros, escritos por pessoas céticas, propõem-se a apresentar o Jesus "autêntico" ao público.
A mídia confirma esses pontos de vista ao conceder-lhes resenhas positivas e artigos especiais exaltando sua erudição. 
Caso seja responsabilidade da igreja corrigir esses conceitos equivocados, qual será sua contribuição? 
O quanto você sabe sobre Jesus? 
É capaz de explicar o verdadeiro significado dos acontecimentos da vida de Cristo a quem estiver desejoso de saber?
Este livro fornecerá os elementos que ajudarão as pessoas a perceber a relevância da vida de Jesus.
Gerald Bray é professor de Teologia da Beeson Divinity School, da Universidade de Samford, de Birmingham (Alabama, EUA). É o editor responsável pela Editora Cultura Cristã, e é um teólogo respeitado internacionalmente, reconhecido pelo pensamento claro e pela lógica incisiva.
Seus muitos livros incluem Teu reino: uma teologia sistemática da oração do Pai nosso (Shedd Publicações) e A doutrina de Deus (Editora Cultura Cristã).

Editora Hagnos

O livro Quando a teologia faz diferença, publicado pela Editora Hagnos em parceria com a Faculdade Teológica Batista de São Paulo, como o seu subtítulo indica, traz diversos recursos para que o pastor, evangelista, missionário, educador religioso possam exercer seu ministério com mais eficiência e contextualização diante dos desafios do mundo pós-moderno. Os autores têm larga experiência ministerial nos temas tratados.

Cada capítulo traz recursos que podem ser aplicados nas diversas facetas ministeriais de modo a proporcionar melhor interação do ministro com o ambiente em que vive, a partir de princípios bíblicos, teológicos e áreas complementares. 

Os capítulos podem ser lidos de forma sequencial ou aleatória, dependendo da prioridade e escolha do leitor. Além disso, as ênfases são tanto no campo da prática ministerial, como no campo da reflexão e do comportamento e visam maior compreensão do mundo contemporâneo para que o ministério possa ser exercido com mais excelência.

Os assuntos dos capítulos são diversificados de forma a oferecer um leque mais abrangente dos atuais interesses e necessidades eclesiásticas. Pastores e ministros serão grandemente enriquecidos com a leitura.

CPAD  

A palavra, o louvor e a oração são os ministérios básicos da igreja.
O último, porém, tem sido menos valorizado pelos crentes na atualidade.
O autor responde por que tão poucos crentes dedicam-se ao ministério da oração e desafia a igreja a mudar essa situação. O caminho apresentado é retorno prática dos métodos bíblicos de oração, ou seja, fazer uso em sua vida diária das maneiras diversas de orarmos ao Senhor tais como o clamor, a súplica, a oração em Espírito e a oração em conjunto. Só assim haverá mais crentes com suas vidas voltadas oração.

Ubiratan Oliveira da Silva