Condenado à prisão por pregar o evangelho, pastor inspira outros presos a se entregarem a Cristo

 

O pastor e missionário do Gospel For Asia (Evangelho para a Ásia), Ugyen Tashi, que foi condenado a três anos de prisão em 2010 por compartilhar o evangelho com pessoas em sua aldeia, comentou recentemente sobre o tempo que passou detido, e conta que mesmo preso não abandonou sua fé, e compartilhou da Palavra de Deus com seus companheiros de cela.

Tashi foi condenado pelo tribunal superior do Butão, na Ásia, e, após sua condenação ser confirmada, passou seus dias na prisão dividindo uma cela de 10 metros quadrados com cerca de outros 12 homens, em condições precárias de saúde e higiene. Porém, ele conta que, apesar da precária situação na qual passou a viver, entendeu que Deus permitiu sua prisão com uma razão, e que nesse tempo detido ele teria como missão dizer aos assassinos, viciados em drogas e ladrões com quem passou a dividir a cela sobre o amor dAquele que veio para quebrar seus grilhões da escravidão e fazê-los verdadeiramente livres.

Leia mais...

Menino cristão de apenas 7 anos é torturado e assassinado na Índia por crer em Deus 

 

O corpo de um menino de apenas 7 anos de idade, recuperado na última semana em uma lagoa na Índia revelou detalhes de tortura a qual passou ante de ser brutalmente assassinado, por causa de suas crenças cristãs.

Segundo o Charisma News, o menino, identificado como Anmol, é filho de cristãos e foi visto pela última vez após assistir a uma aula da escola bíblica dominical na Believers Church, igreja localizada no norte da Índia, no dia 17. Quando o menino não retornou para casa, seus pais apresentaram um relatório de pessoas desaparecidas com as autoridades locais. Porém, na noite da segunda feira seguinte, eles identificaram o corpo do menino no hospital.

O relatório da autópsia revelou que Anmol teve o rosto queimado, suas mãos cortados e destruídas pelo fogo, e foi encontrado com sua boca amarrada fechada. Fragmentos quentes de carvão ou lenha haviam sido colocados sobre seu estômago, queimando seu abdômen, e seus dedos foram quebrados. O relatório indicou ainda que a causa final da morte de Anmol foi afogamento.

Leia mais...

Cristãos estão em extinção em países do Oriente Médio, afirma ministra do Reino Unido

 

 

Durante um discurso proferido na Universidade de Georgetown, em Washington, a Ministra de Fé e Comunidades do Reino Unido, Sayeeda Warsi, afirmou que em algumas partes do mundo, como o Oriente Médio, os cristãos “correm risco de extinção”, devido à violência dirigida a eles.

- Estou preocupada, assim como outros membros da sociedade, com a significativa quantidade de correspondência que recebemos alertando que o berço do cristianismo – partes do mundo onde o cristianismo se propagou primeiro – está vendo uma grande parte da comunidade cristã indo embora e os que restam sendo perseguidos – afirmou Warsi.

- Um em cada dez cristãos vive em situação de minoria e, um grande número de pessoas que vive em situação de minoria em todo o mundo é perseguido. Eles estão sendo vistos como os recém-chegados, estão sendo tratados como ‘o outro’ dentro dessa sociedade, apesar de estarem ali por muitos e muitos séculos – completou a ministra.

Primeira Muçulmana a servir ao governo Britânico, Warsi é Ministra de Fé e Comunidades, cargo que a coloca como uma ministra sênior do Estado no Escritório de Relações Estrangeiras do Reino Unido.

Leia mais...

Extremistas islâmicos da Nigéria sequestram jovens cristãs e as transformam em escravas sexuais

 

O grupo extremista islâmico Boko Haram está sequestrando mulheres cristãs e as transformando em escravas sexuais e empregadas domésticas de seus jihadistas. A afirmação vem de um relato publicado pela agência Reuters sobre Hajja, de 19 anos, que foi sequestrada pelo grupo em julho.

Segundo a Reuters, a jovem foi apreendida pelo grupo enquanto pegava milho perto de sua aldeia nas montanhas Gwoza, uma parte remota do nordeste da Nigéria, e sob ameaça de morte foi forçada a se converter ao Islã e casada com um dos lutadores do Boko Haram. A tática usada pelo grupo tem sido comparada às práticas do Exército de Resistência do Senhor, de Joseph Kony, nas selvas de Uganda.

A jovem relata que durante os meses que passou como escrava em uma caverna nas montanhas Mandara, ao longo da fronteira Camarões ao redor da cidade de Gwoza, era obrigada a limpar e cozinhar para os guerrilheiros. Ela conta também que, antes de escapar, assistiu seus captores cortar as gargantas dos prisioneiros e chegou a ser usada como “isca” em armadilhas para capturar os inimigos do grupo extremista.

Leia mais...

Cristãos reúnem mais de 26 mil pessoas em evento evangelístico no Egito

  

No último fim de semana um grupo de cristãos realizou um evento evangelístico no Egito que reuniu cerca de 26 mil pessoas. Com início no último dia 14, o evento reuniu milhares de pessoas nas proximidades do Cairo.

De acordo com o ministério Portas Abertas, o evento aconteceu em um centro de conferência da igreja Evangélica egípcia localizado a 110 quilômetros ao norte do Cairo e teve seus ingressos esgotados com cerca de uma semana de antecedência.

A conferência contou com a participação de mais de 1.000 trabalhadores, voluntários, artistas e líderes de louvor e pregadores.

Em 2012 um evento similar aconteceu no país e reuniu cerca de 50 mil pessoas, além de um festival da juventude no deserto que atraiu 10.000 jovens de todo o Egito.

Compartilhar

Leia mais...

Aposentado é preso por distribuir folhetos evangelísticos em shopping center

 

A prática do evangelismo é tida como primordial no cristianismo, uma vez que é o cumprimento do “Ide”, ordenado por Jesus Cristo antes de sua ascensão aos céus. No entanto, evangelizar tem se tornado cada vez mais arriscado, mesmo em países conhecidos pela liberdade religiosa, como os Estados Unidos.

Um policial aposentado foi preso na cidade de EatonTown, no estado norte-americano de Nova Jersey, por evangelizar frequentadores de um shopping Center.

Como distribuía folhetos às pessoas que aceitavam conversar com ele, David Wells foi detido pelos seguranças do estabelecimento sob a alegação de que, sendo uma empresa privada, o shopping não poderia permitir o evangelismo em suas dependências.

Leia mais...

80 pessoas são fuziladas na Coréia do Norte por crimes inclusive a posse de Bíblias 

 

Recentemente o jovem ditado norte coreano Kim Jong Un conduziu a sua primeira execução pública em massa dos chamados “dissidentes” do regime político imposto atualmente no país. De acordo com o jornal sul-coreano JoongAng Ilbo, 80 pessoas foram mortas pelo Estado em 7 cidades da Coréia no Norte.

Entre os crimes dos quais os dissidentes foram acusados, estão atos como assistir a vídeos de entretenimento oriundos do Sul, distribuir pornografia, portar Bíblias e qualquer outro material considerado subversivo à ditadura comunista. O regime de Pyongyang considera como delito assistir ou contrabandear filmes sul-coreanos, distribuir conteúdos pornográficos, possuir Bíblias ou trabalhar na prostituição.

Kim Jong Un teria ordenado realizar sua primeira execução pública maciça como uma “severa advertência a todas as pessoas”. Esta era uma prática comum de seu pai, Kim Jong Il, de quem Kim Jong Un herdou o controle do sistema político do país.

 

 

 

Leia mais...

Cristãos iranianos condenados a 80 chibatadas por celebrarem a Santa Ceia com pão e vinho 

A perseguição religiosa em países islâmicos, como o Irã, tem sido motivadas por ações como o evangelismo ou mesmo até pela celebração da ceia memorial a Jesus Cristo. Quatro cristãos iranianos foram sentenciados a 80 chibatadas cada um por tomarem vinho durante um culto de comunhão.

A celebração, recomendada por Jesus em memória a seu ministério e sacrifício, é descrita na Bíblia como uma reunião com os discípulos onde foram servidos pães e vinho, representando simbolicamente o Cristo e sua morte para a remissão de pecados e salvação.

Segundo informações do Daily Mail, os quatro cristãos foram presos em uma igreja doméstica em dezembro de 2012, durante uma atividade de repressão por parte do governo Irã contra igrejas clandestinas. O relato da prisão e condenação só foi divulgado à imprensa mundial agora, depois que a sentença foi divulgada no último dia 10 de outubro.

Leia mais...

Igrejas evangélicas sofrem interdições por causa de barulho dos cultos e alegam perseguição religiosa

 

Igrejas evangélicas vem sofrendo interdições por parte da prefeitura de Araguaína, interior do Tocantins, e reclamam de perseguição religiosa.

O argumento das autoridades locais baseia-se na questão da falta de alvará dos templos e do barulho. Mesmo sem medição dos decibéis dos cultos, duas igrejas foram interditadas pela prefeitura sob alegação de que o som estava acima dos 75 decibéis permitidos por lei.

“Igrejas estão sendo lacradas sem nenhum aviso prévio, casamento está sendo invadido sem nenhum motivo, pregador que prega na rua sendo proibido de pregar. Se isso não for perseguição não existe perseguição”, reclamou o pastor Ildésio Luis Alves, presidente do Conselho de Pastores da cidade.

Leia mais...

Na Eritreia, 150 cristãos são presos por orarem juntos em igreja subterrânea

 

A oração é descrita no cristianismo como um recurso poderoso e de acesso a Deus, e foi ensinada por Jesus Cristo em seu ministério. Na Eritreia, país africano com forte perseguição a cristãos, orar junto de outros fiéis virou motivo de cadeia.

150 cristãos foram surpreendidos pelas forças de segurança do país durante uma reunião de oração em Maitemenai, uma região suburbana da capital Asmara, e presos, segundo relatórios da International Christian Concern, entidade de defesa da liberdade religiosa.

A informação foi divulgada pelo site Religion Today, que revelou ainda que os cristãos haviam se reunido para orar intercedendo a Deus pela escalada da crise dos refugiados e outros problemas por quais o país atravessa.

Leia mais...

400 a 500 famílias Sírias são alcançadas a cada 10 dias!

 

Pastor N. e sua esposa M. Apesar do imenso trabalho, o sorriso é a marca registrada deste homem de Deus.

 

Os números continuam crescendo. Porém, mais do que os números é a crueldade da guerra que apavora. Crianças degoladas não deveriam ser parte do filme de horror que caracteriza a guerra civil da Síria. Entretanto, crianças, mulheres e cristãos são a parte mais vulnerável e a mais atingida num capítulo sangrento que parece não ter fim.

Por vezes o mundo deles se lembra, por vezes se esquece. Por vezes, a Síria torna-se o  assunto principal na reunião dos grandes líderes. Mas na maioria das vezes, as vítimas da guerra são apenas mais um tópico na longa lista de preocupações que inclui a espionagem internacional ou a crise financeira americana. No Brasil, a história não é nem um pouco diferente. Nossa mente se dispersa entre o rebaixamento dos grandes times de futebol às crises políticas nacionais que mais se tornam temas de debate midiático. Somos hipócritas.

Leia mais...

Evangelista é agredido com pedrada enquanto pregava em praça pública.

  

O evangelista Arlen Soares, ligado à Missão Reluz, foi agredido fisicamente na Praça Rio Branco, conhecida como Praça da Rodoviária, em Belo Horizonte, enquanto pregava um sermão sobre a necessidade de que cada pessoa se empenhe na busca por uma mudança de vida.

Arlen Soares é conhecido na capital mineira por pregar na Praça da Rodoviária há mais de 10 anos. A região é um ambiente urbano degradado, com presença de prostíbulos, pontos de tráfico de drogas e grande número de mendigos.

De acordo com informações do site Noticias Cristãs, Arlen Soares adota uma linha de pregação dura, contra a teologia da prosperidade e doutrinas neopentecostais, e constantemente fala contra líderes evangélicos como Silas Malafaia, Edir Macedo, R. R. Soares, Valdemiro Santiago e David Miranda (líder da Igreja Pentecostal Deus é Amor).

Leia mais...

Pastor protesta no Irã pedindo libertação de pastores detidos e termina preso

 

O pastor Eddie Romero foi preso no Irã enquanto protestava pedindo a libertação de outros pastores e um defensor dos direitos humanos que estão presos no país.

Romero foi detido pelos guardas da prisão de Evin, na capital Teerã, na última segunda-feira, 21 de outubro, após gritar palavras de ordem no idioma farsi.

“Deixe meu povo ir”, disse o pastor norte-americano antes de ser levado à prisão e interrogado pelas autoridades locais. A cena foi transmitida pela internet através do celular do próprio pastor, e foi interrompida assim que os guardas o levaram.

“Ele se entregou voluntariamente e foi levado para dentro dos portões da prisão por um guarda e ficou em uma espécie de sala de espera. Ele foi questionado sobre sua nacionalidade por alguém que falava inglês, e pediu que soltassem os presos cristãos mais sete vezes”, revelou Sara, filha do pastor, de acordo com o NY Daily News.

Leia mais...

Pastor é assassinado a tiros com a Bíblia na mão dentro de igreja; Corpo foi encontrado por fiéis 

 

A perseguição a cristãos no Quênia tem se intensificado nos últimos dias, com o assassinato de dois pastores que lideravam igrejas que tem feito um trabalho de evangelismo bastante significativo em sua região.

Recentemente, extremistas islâmicos invadiram um shopping em Nairóbi, capital do país, e mataram boa parte dos frequentadores que não eram muçulmanos.

O pastor Charles Matole, líder da Vikwantani Redeemed Gospel Church, sediada na região de Mombasa, foi encontrado morto na manhã do último domingo, 20 de outubro, por membros da igreja

“Os participantes do culto começaram a chorar quando um membro da igreja descreveu o que ele e outros encontraram quando eles foram para o prédio da igreja. O corpo do pastor Charles Matole estava caído numa cadeira de plástico, com uma Bíblia na mão e uma trilha de sangue de sua cabeça”, reportou o correspondente do Christian Telegraph no país.

Leia mais...

Livros escolares do Paquistão ensinam crianças muçulmanas que matar cristãos é uma forma de alcançar a vida eterna

 

Capa de um dos livros infantis com conteúdo de perseguição religiosa

A perseguição a cristãos em países do Oriente Médio tem se tornado cada vez mais constante, e através da internet é possível tomar conhecimento da realidade que os fiéis ao Evangelho vivem nesses locais.

O incentivo à matança de cristãos vem de diversas fontes nos países de maioria islâmica, e agora, também dos livros escolares distribuídos a alunos do Paquistão.

Segundo o Instituto Oriente Médio de Pesquisa de Mídia (IOMPM), o conteúdo dos livros didáticos a que as crianças paquistanesas têm acesso enfatizam a promoção ao ódio, a jihad islâmica (“guerra santa”), filosofia de luta, compromisso de fé no padrão considerado perfeito e ainda, a matança de cristãos como forma de tornar-se mártir da fé muçulmana, recebendo como recompensa a vida após a morte em Jannah, que é o paraíso no islamismo.

Leia mais...

Testemunho: Pastor italiano conta as dificuldades de “ser evangélico na terra do catolicismo” 

 

Nascido em uma família de forte tradição católica, o italiano Carmelo Poidomani, de 36 anos, se tornou evangélico após ter se decepcionado com os ensinamentos do catolicismo, e após se considerar ateu por um período de sua vida. Hoje pastor evangélico, Poidomani conta como foi sua conversão e as dificuldades que enfrentou e enfrenta por ser evangélico no país que é considerado o berço do catolicismo.

- Quando eu decidi ser batizado, meu pai disse que se eu fizesse isso ele não falaria mais comigo, que me deserdaria, não iria ao meu casamento e não conheceria meus filhos – relata.

Leia mais...

Entidade ateísta quer a proibição de orações antes de eventos esportivos em escolas públicas

 

 

A ofensiva de entidades ateístas contra a liberdade de crença e culto em locais públicos chegou agora ao esporte no estado norte-americano do Tennessee.

A União Americana pelas Liberdades Civis (ACLU) do Tennessee publicou manifesto e enviou um pedido a 135 diretores de escolas do Ensino Médio do estado para que proíbam orações antes dos jogos de seus times de futebol americano.

Segundo a entidade, tais gestos religiosos contrariam a determinação da Primeira Emenda da Constituição norte-americana, que proíbe a apologia a religião em instituições públicas. “Nossa experiência observa que muitos administradores de escolas públicas e educadores têm dificuldade em lidar com como as garantias constitucionais de liberdade religiosa se aplicam à oração durante seus eventos patrocinados pela escola”, declarou Hedy Weinberg, diretor-executivo da ACLU, segundo informações do Christian Post.

Leia mais...

Ateus processam igrejas evangélicas por realizarem cultos em escolas no Havaí

 

 

Duas igrejas evangélicas do Havaí estão sendo processadas por um grupo de ateus por alugar espaços em escolas públicas para realizar cultos religiosos. O processo movido contra as igrejas One Love Ministries e Calvary Chapel Central Oahu tem como base afirmações de que elas estariam pagando valores de aluguel inferior ao estipulado pelas escolas em que eles se encontram.

A denúncia foi feita pelos ateus, Mitchell Kahle e Holly Huber, devido a uma lei no país que permite que “denunciantes” com informação privilegiada exponham cobranças fraudulentas de empresas contratadas pelo governo. Porém, segundo o WND Education, o processo não cita nenhum exemplo em que as igrejas tenham apresentado uma declaração falsa para fraudar o governo.

O Alliance Defending Freedom, organização legal sem fins lucrativos que defende o direito das pessoas a viver livremente a sua fé, saiu em defesa das igrejas, afirmando que as acusações do processo não são apenas falsas como também vergonhosas.

Leia mais...

Pastor é perseguido no Brasil por trabalho de defesa dos Direitos Humanos em reservas extrativistas 

 

O pastor assembleiano Antônio Vasconcelos, 59 anos, atua como a principal liderança da unidade de conservação Reserva Extrativista do rio Ituxi, na cidade de Lábrea, sul do Amazonas.

Devido à perseguição sofrida por confrontar fazendeiros da região, tem direito à escolta do Programa de Proteção de Defensores de Direitos Humanos da Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH).

“A luta começou quando me tornei pastor”, afirma Vasconcelos, que se diz cansado da “falta de preparo” das guarnições destacadas para lhe proteger. Diz ter sofrido “agressão verbal e autoritarismo”, e por isso decidiu “se arriscar” e abrir mão da escolta. A decisão foi notificada à SEDH em carta, recentemente. No documento, o pastor se queixa da pressão sofrida: “Eu não possuo mais condições emocionais para estar nessa situação”.

Nos anos em que atua como ativista defensor dos Direitos Humanos, o pastor esteve perto de ser morto. Num dos episódios, um grupo de pistoleiros contratados para matá-lo teve sua ação interrompida pela chegada de treze policiais da Força Nacional de Segurança Pública, destacados para iniciar a escolta ao pastor.

Leia mais...

Comentarista esportivo é demitido da Fox Sports por ser cristão e contrário ao casamento gay 

 

O comentarista esportivo Craig James foi demitido de um dos canais da Fox Sports nos Estados Unidos por se posicionar publicamente contra o casamento gay.

Com passagens por outros grandes canais, como ESPN e CBS, James contratou advogados para processar seus últimos patrões, pois considera sua demissão abusiva.

O gerente-geral da Fox Sports SouthWest, Jon Heidtke, procurou Craig James dias após sua estreia como comentarista da liga de futebol americano universitário e afirmou que ele estava demitido devido às suas opiniões sobre o casamento gay, apesar de seu trabalho ter sido bem executado.

“Fiquei chocado que minhas crenças religiosas pessoais não havia sido a única razão para a Fox Sports me despedir. Eu fiquei completamente chocado quando li histórias citando representantes Fox Sports que disseram essencialmente que as pessoas de fé estão proibidas de trabalhar lá. Isso não está certo e, certamente, alguém cometeu um erro terrível”, afirmou James em entrevista à Breitbart News.

Leia mais...

Atentado terrorista a igreja no Paquistão resulta na morte de 81 fiéis e mais de 130 feridos graves 

 

Um ataque terrorista suicida neste domingo, 22/09, em frente a uma igreja cristã no Paquistão resultou na morte de 81 fiéis e ferimentos graves em outros 130 até o momento.

Dois terroristas acionaram as bombas amarradas ao corpo por volta do meio dia, horário local, horário em que a celebração matutina estava sendo encerrada.

Autoridades de Peshawar, localidade onde houve o atentado, afirmam que nenhum grupo ativista reivindicou a autoria do ataque. A região é conhecida como alvo de diversas ações extremistas de grupos muçulmanos talibãs.

A imprensa internacional tem relatado o caso como um dos ataques mais graves e mortíferos cometidos contra cristãos no Paquistão, que é majoritariamente muçulmano, enquanto cristãos somam apenas 2%.

Leia mais...

Em meio à guerra civil na Síria, cristãos são perseguidos por muçulmanos, que classificam a Bíblia como “mais perigosa que armas químicas

 

A guerra civil na Síria protagonizada por opositores ao presidente Bashar Al Assad e seus defensores tem sido noticiada pela imprensa mundial desde o início, e mais recentemente pelo iminente ataque dos Estados Unidos ao país, após a descoberta do uso de armas químicas por parte do governo contra a população.

Porém, a guerra como um todo esconde a perseguição aos cristãos do país feita pelos muçulmanos que se dividem entre pró e contra o governo.

Leia mais...

Cristão é preso no Marrocos por “balançar a fé de um muçulmano”

 

No Marrocos, o cristão Mohamed el Baldi, 34 anos, foi condenado a dois anos de prisão por evangelizar dentro do país. Preso durante uma invasão em sua casa no dia 28 de agosto, o cristão foi condenado em audiência que aconteceu no último dia 03. O motivo de sua condenação foi “abalar a fé de um muçulmano”.

No momento de sua prisão, foram confiscados em sua casa diversos objetos ligados à sua fé, como a sua Bíblia. O cristão, que é da cidade de Ain Aicha, também foi condenado a pagar uma multa de cinco mil dirhams (o equivalente a 1.354,50 reais).

A divulgação da fé cristã é um crime previsto pelo artigo 220 do Código Penal marroquino, lei que diz ser ilegal impedir uma ou mais pessoas de praticar a religião pela força, violência ou ameaças, segundo o Ministério Portas Abertas. O Marrocos é o 39º país na classificação dos lugares onde há mais perseguição religiosa em todo o mundo.

Leia mais...

Documentos revelam que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos classifica cristãos como “extremistas” semelhantes à Al-Qaeda

 

Em tempos de divulgação de documentos secretos e constrangimento entre governos por causa de espionagens e violação de privacidade, questões como princípios religiosos ainda são tratadas como ameaça à segurança de uma nação.

Documentos oficiais do governo norte-americano revelados nesta semana pela Alliance for Religious Liberty, entidade de defesa da liberdade religiosa nos Estados Unidos, revelaram que grupos religiosos como católicos, evangélicos, judeus e mórmons são vistos como “extremistas” semelhantes à Al-Qaeda e o Ku Klux Klan.

O documento conseguido pela entidade é um relatório de mais de 1.500 páginas do Departamento de Defesa dos Estados Unidos, de acordo com informações do Christian Post.

“Os homens e mulheres de fé que serviram fielmente ao longo dos séculos não devem ser comparado com aqueles que têm ameaçado regularmente a paz e a segurança dos Estados Unidos”, protestou Ron Crews, capelão da Alliance for Religious Liberty.

Leia mais...

Pentágono anuncia que mandará para a corte marcial soldados norte americanos que propagarem sua fé

 

 

O Pentágono divulgou um comunicado informando que os soldados norte americanos que poderiam ser processados e enviados à corte marcial caso promovessem a sua fé dentro das forças armadas do país.

- Proselitismo religioso não é permitido dentro do Departamento de Defesa… Tribunal marcial e punições não judiciais serão decididas numa base caso-a-caso – diz o comunicado publicado pela organização militar dos EUA.

Ser condenado em um tribunal marcial significa que um soldado cometeu um crime sob a lei militar federal. Punição para uma corte marcial pode incluir prisão e ser exonerado do serviço militar. A punição incluiria também os capelães militares oficiais que são ordenados sacerdotes de sua fé (na sua maioria pastores ou padres cristãos, ou rabinos judeus), cujo serviço desde a fundação do exército dos EUA sob George Washington é o de ensinar a sua fé e ministrar às necessidades espirituais das tropas que vêm a eles em busca de conselho, instrução ou conforto.

Leia mais...

Jovens cristãos da Eritreia são presos e espancados pelo Exército por não negarem sua fé em Jesus

  

A perseguição religiosa a cristãos na Eritreia tem uma história conhecida no Brasil, através do testemunho da cantora Helen Berhane, que ficou trancada por dois anos num contêiner por declarar sua fé em Jesus. 

Agora, a Missão Portas Abertas relata um caso de 39 jovens que se alistaram para o serviço militar obrigatório do país africano, e embora aprovados, foram detidos por serem cristãos. Na prisão militar, eles têm sido mal alimentados, espancados e forçados a trabalhar.

Os jovens 28 do sexo masculino e 11 do feminino, fazem parte de um grupo de estudantes que ingressaram no serviço militar e foram graduados no último dia 13 de julho. Um comunicado no site oficial do Ministério de Informação da Eritreia afirma que eles concluíram o ano de serviço militar com êxito, e estavam aptos a prosseguir os estudos, cursando o ensino secundário sênior.

Leia mais...

Desembargadora do Tribunal de Justiça é processada por incitação ao ódio contra evangélicos

 

 

Após denúncia feita pela Frente Parlamentar Evangélica, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mandou instaurar um Processo Administrativo contra a desembargadora do TJ Elisabeth Carvalho Nascimento, sob a acusação de discriminação, preconceito e incitação ao ódio contra o povo evangélico.

De acordo com o jornal Extra Alagoas, os crimes teriam sido cometidos durante o julgamento do processo que tinha como objetivo cassar o mandato do deputado João Henrique Caldas por abuso de poder religioso com apoio da Igreja Internacional da Graça de Deus.

A Reclamação Disciplinar feita pela bancada evangélica no Congresso Nacional afirma que, ao proferir seu voto pela cassação do deputado, a desembargadora teria tratado a fé evangélica com deboche e escárnio, chamando os líderes evangélicos de fraudadores, corruptos e caloteiros.

Leia mais...

Cristã revela como é cultuar a Deus em igrejas subterrâneas, em um país marcado pela perseguição religiosa

 

Localizado na África, Eritreia é um país que apesar de ter quase metade de sua população composta por cristãos sofre com a perseguição religiosa, estando em 10º lugar na classificação dos lugares onde mais existe perseguição em todo o mundo. Por isso, os cristãos do país são obrigados a realizar seus cultos em segredo, geralmente em igrejas subterrâneas.

A cristã Misgana, que vive no país, falou ao Ministério Portas abertas como é viver sua fé nesse país, onde todas as igrejas evangélicas estão fechadas desde uma lei em 2002, e mais de 2.800 cristãos estão na prisão, e seus familiares não têm notícias deles há meses e anos.

- Como você sabe, as nossas igrejas estão fechadas. Assim, somos obrigados a nos reunir no subsolo das casas. Alguns irmãos cedem seus lares voluntariamente para que possamos adorar a Deus. Nós prestamos culto ao Senhor em quartos e cozinhas abaixo do chão. – relatou.

Misgana ressaltou também sentir falta da liberdade que os cristãos já tiveram no país, em contraste com a situação vivida atualmente.

Leia mais...

Casal de homossexuais vai à Justiça para obrigar igreja a realizar cerimônia de casamento gay

 

 

Após a recente aprovação do casamento gay pelo parlamento britânico, um casal homossexual foi à Justiça solicitar que as igrejas cristãs do país sejam obrigadas a celebrar cerimônias de enlace matrimonial de pessoas do mesmo sexo.

Barrie e Tony Drewitt-Barlow, que estabeleceram uma união estável em 2006, querem agora se casar em uma igreja, e para isso, estão movendo uma ação judicial que serviria de precedente para todos os casais que tiverem o mesmo desejo.

Entretanto, a lei aprovada no Reino Unido possui um dispositivo que protege as igrejas que decidirem não realizar cerimônias de casamento gay, a fim de preservar a liberdade de crença e religião, e por consequência seus princípios.

Um dos noivos, Barrie, afirmou que a legalização do casamento gay não é suficiente: “Por mais que as pessoas estejam dizendo que isso é uma coisa boa, eu ainda não estou conseguindo o que eu quero”, afirmou ao jornal Essex Chronicle.

Leia mais...

Grupo com 15 rebeldes muçulmanos sequestra, estupra e mata adolescente cristã na Síria

 

Um grupo de quinze rebeldes islâmicos sírios ligados à facção AKA Jabhat al-Nusra sequestrou, estuprou e matou uma adolescente cristã chamada Mariam na cidade de Al-Qusair.

A notícia está sendo veiculada pelos principais veículos de informação cristãos do mundo, e segundo o site Acontecer Cristiano, apesar de a jovem ter sido assassinada, a família dela conseguiu escapar da cidade.

A facção AKA Jabhat al-Nusra tem se tornado o principal grupo islâmico na guerra civil que divide a Síria e tenta depor o presidente Bashar Al-Assad.

Quando a facção descobriu que Mariam era cristã, os representantes do grupo resolveram que ela seria esposa de todos eles. No primeiro dia, um dos rebeldes casou-se com ela, e depois de abusá-la, a rejeitou. Esse ritual se repetiu diariamente, até que todos os quinze a tivessem estuprado.

Leia mais...

A cada quatro pessoas perseguidas no mundo por causa de religião, três são cristãs 

 

A cada quatro pessoas perseguidas no mundo por causa da religião, três são cristãs. Essa foi a constatação de estudiosos que debateram a questão da perseguição às minorias cristãs no Egito, instaurada pelo presidente Mohamed Morsi, o primeiro eleito pelo voto popular direto e recentemente deposto pelos militares do país.

Abboud Soha, egípcio e doutor em estudos islâmicos, afirmou que “os fundamentalistas estão causando enormes prejuízos para os cristãos pois elevam à categoria de herói quem mata um cristão”.

O debate, segundo informações do Acontecer Cristiano, mostrou que a perseguição religiosa vem sendo mostrada em sua realidade no atual mundo globalizado. Um diácono da Igreja Perseguida na China – que não teve sua identidade revelada por questões de segurança -  e o escritor cristão Daniel Arasa, completaram a mesa redonda.

Leia mais...

Cientista cristão é demitido de universidade católica por acreditar que Jesus cura

 

Um cientista cristão foi demitido de seu cargo na Universidade Católica de Leuven, na Bélgica, por publicar vídeos em seu site pessoal com relatos de curas milagrosas através da fé em Jesus.

A demissão de Fernando Pauwels levantou um debate em torno da liberdade de expressão e a dimensão do secularismo na Bélgica, que ao lado da França tem se tornado um dos países europeu com maior desapego à fé.

Pauwels trabalhou por onze anos para o Instituto de Pesquisa para o Trabalho e Sociedade da universidade, e descobriu que a demissão ocorreu pela exposição dos vídeos.

“A Universidade viu alguns desses clipes de pessoas sendo curadas e dando seus testemunhos e os chamaram de ‘anticientíficos’. Se alguém me perguntasse: ‘Você quer um novo contrato? ’, eu diria ‘sim, claro’. ‘Você tem qualquer problema com seus colegas de trabalho?’ Eu diria `não, tudo está bem’”, afirmou, deixando claro que nem seu trabalho nem seu relacionamento com os colegas de serviço tinham sido prejudicados por sua fé.

Leia mais...

Ordem dos Músicos do Brasil proibida de voltar a exigir registro de músico para tocar em igreja

 

Uma sentença publicada no Diário Eletrônico da Justiça no último dia 3 de junho proibiu o Conselho Federal da Ordem dos Músicos do Brasil (OMB) de exigir o registro na entidade para músicos participarem de cultos religiosos e outros eventos ligados a igrejas.

De acordo com a decisão judicial, o conselho não pode mais impedir ou atrapalhar a realização de eventos musicais religiosos em templos, igrejas e ambientes de natureza religiosa por meio da exigência de que os membros dessas instituições estejam inscritos na Ordem.

De acordo com informação publicada pela Procuradoria da República, a Justiça Federal em São Paulo decidiu que a fiscalização da OMB nesses ambientes viola os princípios constitucionais da liberdade religiosa e de culto e, sobretudo, da liberdade de expressão.

Leia mais...