Pastores podem ser condenados a dois anos de prisão por pregarem o evangelho a muçulmanos 

Em alguns países o trabalho de missionários cristão pode encontrar grandes desafios, e até mesmo ser considerado um crime. Um exemplo recente aconteceu no Estado de Lalmonirhat, em Bangladesch, Índia, onde foram espancados e presos por pregar o evangelho a muçulmanos.

Dois pastores protestantes que estavam dirigindo um culto na região foram presos sob a acusação de “ferir os sentimentos religiosos”. Um dos presos é o pastor Mondol Arif que dirige uma igreja em Lalmonirhat. Os membros da igreja pastoreada por Mondol se reúnem em uma casa semanalmente.

Os pastores foram acusados após um incidente no mês passado, quando estavam batizando algumas pessoas em um dos cultos junto com um pastor convidado pela congregação. Durante a cerimônia, apareceu um grupo de muçulmanos irados e os atacou. O evento irritou ainda mais os líderes muçulmanos da região quando estes descobriram que o batismo que estava sendo realizado era para ex-muçulmanos que haviam se convertido ao Cristianismo.

Leia mais...

No Iraque, crianças se recusam a negar Jesus e são decapitadas por extremistas do Estado Islâmico  

O Estado Islâmico tem perseguido cristãos nos países onde atua e condenado à morte os reféns que não aceitam negar a Cristo e se converter ao islamismo. Mas a iminência da morte não convenceu quatro crianças a abandonar sua fé em Jesus.

De acordo com relatos do reverendo anglicano Andrew White, que atua em Bagdá, capital do Iraque, os militantes do Estado Islâmico ordenaram que as crianças (a mais velha com 15 anos de idade) afirmassem que se tornariam muçulmanas ou seriam mortas.

“Não. Nós amamos Yasua (Jesus). Temos sempre seguido Yasua”, responderam os quatro. A grafia Yasua é próxima à pronúncia em hebraico, Yeshua, que é traduzido como ‘Jesus’ no inglês e idiomas originários do latim, como o espanhol e o português.

White é conhecido como o “Vigário de Bagdá”, e narrou a comovente história das crianças cristãs à rede de TV CBN.

Leia mais...

Famílias convertidas ao Evangelho que se negaram a renunciar a Jesus são expulsas 

Um grupo de seis famílias foi expulso de sua aldeia por se recusar a negar sua fé em Jesus Cristo. O caso foi registrado no Laos, país o sudeste asiático que é considerado um dos mais perigosos para cristãos.

As 25 pessoas fazem parte da etnia Hmong, e foram obrigadas a deixar suas casas sem poder levar nenhum de seus pertences.

De acordo com informações da Missão Portas Abertas, as autoridades disseram que a razão para a expulsão das famílias é religiosa. Os demais moradores não aceitaram a decisão deles em se converter ao cristianismo e tentaram forçá-los a renunciar a fé e retornar ao animismo, religião majoritária na aldeia.

Leia mais...

Extremistas muçulmanos invadem cerimônia de batismo e agridem pastores e fiéis 

Uma cerimônia de batismo de cristãos convertidos do islamismo terminou em confusão na cidade de Lalmonirhat, no norte de Bangladesh, quando 200 extremistas muçulmanos invadiram o local onde a celebração era realizada.

O batismo contava com a presença dos pastores da Faith Bible Church, Salim Aidar e John Arif, assim como os 42 novos convertidos. Os extremistas muçulmanos agrediram os fiéis e após deixarem o local, ligaram para a Polícia dizendo que os pastores haviam oferecido dinheiro para que os seguidores do islamismo se convertessem ao Evangelho.

De acordo com informações da Missão Portas Abertas, os policiais que atenderam a ocorrência levaram os pastores e os convertidos à delegacia e os interrogaram por horas.

Leia mais...

Casal cristão é acusado de blasfêmia contra o alcorão e linchado por radicais muçulmanos 

Mais um caso de intolerância religiosa contra cristãos foi registrado no Paquistão essa semana, quando um casal cristão foi espancado até a morte por muçulmanos.

O casal Shama e Shehzad foi acusado de blasfêmia contra o alcorão, livro sagrado do islamismo, e uma multidão se juntou para linchá-los. De acordo com informações da agência France Press, um policial disse ter tentado salvar o casal, mas o número de fundamentalistas muçulmanos era muito maior do que o de policiais.

Os corpos de Shama e Shezad foram jogados pelos muçulmanos em um forno e queimados. O episódio aconteceu na cidade de Kot Radha Kishan, na província de Punjab, região noroeste do Paquistão, onde o casal trabalhava.

Leia mais...

Pastor feito refém pelo Boko Haram escapa após 10 meses preso em cativeiro

 

 

Um pastor que havia sido sequestrado pelo grupo de radicais islâmicos Boko Haram, na Nigéria, conseguiu escapar do cativeiro após 10 meses.

Rotimi Obajimi foi feito refém pelos radicais no dia 06 de janeiro deste ano, e na sequência, transportado para a região da floresta de Sambisa, onde foi mantido em cativeiro.

“Nós estávamos tão surpreso ao vê-lo, porque temos orado fervorosamente por um longo tempo e confiado em Jesus que Ele certamente iria voltar, e então, ele foi trazido para a nossa sede em Maiduguri pelos militares”, afirmou um pastor da Igreja Redenção, em Maiduguri.

De acordo com o Sahara Reporters, o pastor Obajimi contou que escapou após as fortes chuvas causarem enchentes e os radicais se manterem ocupados em proteger as instalações do cativeiro.

Leia mais...

Incomodado com barulho de culto, homem abre fogo contra igreja e fere quatro fiéis 

Um homem abriu fogo contra fiéis que estavam em uma igreja na cidade de Dom Basílio, interior da Bahia. O “atirador” foi detido pelo pastor, que mesmo ferido, conseguiu alcançá-lo e impedir que fugisse.

O incidente aconteceu na última sexta-feira, 10 de outubro, no povoado Caiçara do Pio, em Dom Basílio, que fica a 577 quilômetros de Salvador.

O pastor da igreja é delegado de Direitos Humanos, e foi atingido na perna durante os disparos. Outros três fiéis foram atingidos por disparos nas pernas e abdômen, mas foram socorridos e não correm risco de morte.

O homem foi preso em flagrante por policiais militares que atenderam a ocorrência e constataram sinais de embriaguez. Testemunhas disseram aos PMs que o homem se escondeu atrás de uma árvore antes de efetuar os disparos.

Leia mais...

Índia: autoridades transformam igreja em templo hindu e força fiéis a se converter à religião hindu

 

O templo de uma igreja cristã na Índia foi tomado à força e transformado em um templo hindu pelo Partido Nacionalista Hindu BJP, que foi alçado ao poder em maio deste ano. Os fiéis da igreja também foram forçados a se converterem ao hinduísmo.

A denominação fica localizada no estado de Uttar Pradesh, que de acordo com a Missão Portas Abertas, tornou-se alvo de perseguição religiosa desde que o BJP assumiu o poder.

Segundo relatos de missionários, os cristãos já foram atacados mais de 600 vezes nos últimos quatro meses na Índia. A ordem para os ataques teria vindo do partido BJP.

Leia mais...

Cantora é perseguida por radicais hindus por ter se convertido ao cristianismo

 

 

Uma popular cantora e atriz do Nepal têm sofrido com a perseguição de radicais religiosos desde que se converteu ao cristianismo. Anju Panta afirma que se converteu ao cristianismo porque encontrou “paz” no Senhor, mas sua decisão tem tido uma grande repercussão no país, de maioria hindu.

O Nepal é uma nação de maioria hindu e, segundo informações do ministério Portas Abertas, existe um movimento crescente de radicais nacionalistas que querem fazer do país uma nação oficialmente hindu.

Tal movimento tem levado muitos cristãos, principalmente aqueles que se convertem a partir de outras religiões, a se tornarem alvo de forte rejeição por causa de sua nova fé. Alvo de muitas críticas, Anju Panta afirma que não precisa dar explicações sobre sua fé para aqueles que a criticam.

Leia mais...

Pastor é preso no Irã sob acusação de cometer “crimes contra Deus” e condenado à pena de morte 

A perseguição contra pastores no Irã continua a todo vapor, na esteira dos casos de extremismo de muçulmanos que vem sendo registrados nos demais países da região.

O pastor Matthias Haghnejad foi preso recentemente depois que forças de segurança do país invadiram a sua casa e confiscaram livros e outros materiais de conteúdo cristão. A entidade Christian Solidarity Worldwide (CSW) noticiou que as forças policiais o acusaram de ter cometido “moharabeh”, que pode ser traduzido como “crimes contra Deus”.

Matthias agora enfrenta um processo que pode resultar na pena de morte, apesar da legislação vigente no país não permitir a execução nestes casos. “Estas acusações constituem em um preocupante aumento da campanha do Irã contra os cristãos, acrescentando um novo esquema sinistro do regime de violações a liberdade religiosa”, comentou Mervyn Thomas, presidente executivo da CSW.

Leia mais...

Terroristas do Estado Islâmico cortam ao meio um menino cristão no Iraque e sequestram menina 

A barbárie praticada pelo grupo de terroristas muçulmanos que atua no Iraque sob a designação Estado Islâmico (ISIS, na sigla em inglês) atingiu um patamar inédito de crueldade. Duas crianças cristãs foram vítimas de crimes dos terroristas nos últimos dias.

A menina Christina Khader Ebada, 03 anos, foi raptada no norte do país, enquanto sua família migrava para a região de Qaraqosh, onde há maioria cristã, fugindo da perseguição religiosa perpetrada pelos terroristas do ISIS.

Enquanto os terroristas escoltavam a família de Christina até o posto de controle em Khazar, a menina foi tomada dos braços da mãe enquanto os extremistas davam ordens expressas para que a família saísse da região e nunca mais voltassem, de acordo com informações da Agência Internacional de Notícias Assíria (AINA).

Leia mais...

Jornalista morto por extremistas do Estado Islâmico deixou mensagem para sua família falando sobre fé e oração 

O jornalista americano James Foley, que foi brutalmente executado por jihadistas do Estado Islâmico, teria deixado uma carta para sua família e amigos durante seu cativeiro na Síria. Na carta, ele fala de sua fé e dos momentos de oração, que os faziam lembrar-se de seus entes queridos.

A carta foi divulgada na página do Facebook “Free James Foley” (Liberte James Foley). Segundo a publicação feita na rede social, sem papel nem caneta, o jornalista teria ditado as palavras a uma colega de cativeiro chamada Diane, que iria ser libertada, que as memorizou e entregou aos pais de Foley.

- Eu sei que vocês estão pensando e orando por mim. E sou muito grato. Eu sinto vocês todos, especialmente quando oro. Eu oro para que vocês sejam fortes e acreditem. Eu realmente sinto que consigo tocar vocês mesmo na escuridão quando oro – diz um trecho da carta.

Leia mais...

Casal de missionários canadenses é preso e pode ser condenado à morte na China 

O governo chinês tem aumentando constantemente nos últimos meses a repressão contra as igrejas cristãs em todo o país. Um dos reflexos dessa repressão foi a recente prisão do casal de missionários evangélicos canadenses Kevin Garratt (54) e Julia Dawn Garrat (53).

Os missionários foram detidos pelas autoridades acusados de roubar “segredos de segurança nacional”. Porém, eles faziam trabalho missionário com foco na Coreia do Norte. Eles foram presos na cidade de Dandong, na fronteira com a Coreia do Norte, local onde a família Garratt mantinha uma cafeteria desde 2008. A família mora na China desde 1984, e escolheu a cidade Dandong por ser o local por onde entram os refugiados norte-coreanos, foco de seu trabalho missionário.

Leia mais...

Extremistas muçulmanos decapitam cristão após forçá-lo a negar Jesus Cristo 

A cruzada dos extremistas islâmicos em perseguição aos cristãos ganhou um novo e chocante capítulo esta semana. 

Na Síria, um cristão foi decapitado pelos radicais muçulmanos após ser forçado a negar a Jesus Cristo e confessar que Maomé é “o mensageiro de Deus”, de acordo com informações do portal Protestante Digital.

A ação de terror e violência foi filmada e publicada no YouTube, com legendas no idioma inglês. Os portais de notícia cristãos que repercutiram o caso entenderam a publicação do vídeo como uma espécie de afronta.

Leia mais...

O Retorno às Escrituras: é início do Reavivamento 

Lendo a biografia dos pais da igreja, pré-reformadores e reformadores é possível enxergar o quanto estamos distantes deles no tocando a Defender a Fé. João Calvino diz o seguinte: “O cão late quando seu dono é atacado. Eu seria um covarde se visse a verdade divina ser atacada e continuasse em silêncio, sem dizer nada.” A igreja moderna vive um tempo de apostasia da fé, de forma explícita ignora as verdades bíblicas se desfazendo dos ensinamentos e sacrifícios dos pais da igreja para termos um exemplar em nosso vernáculo. Todos os reformadores cada um em seu devido tempo gritava: Voltemos às escrituras! A única forma legítima de voltar-se para Deus é ensinando as escrituras nos púlpitos.

Leia mais...

Jovem muçulmano conhece Jesus lendo o alcorão e se converte ao Evangelho 

Um jovem muçulmano se converteu ao cristianismo depois de ler sobre Jesus no alcorão, livro sagrado do islamismo. Após o contato com a narrativa do filho de Deus, o desejo por conhecer mais o levou a buscar ajuda de missionários, que o evangelizaram e discipularam.

O relato da Missão Portas Abertas conta a história de Roton, um muçulmano devoto, tomou contato com os relatos sobre Jesus ao precisar ler o alcorão para seu pai, que havia ficado cego.

Durante as leituras, o exercício que era apenas um favor ao seu combalido pai, se tornou um interesse pessoal, e o levou a buscar maiores informações sobre Jesus. “No começo, eu estava apenas lendo para o meu pai. Mas, depois de alguns dias, eu percebi que estava cada vez mais curioso para descobrir a verdade sozinho. Por causa das histórias escritas no Alcorão, passei a crer em Jesus e me tornei cristão”, afirmou o jovem.

Leia mais...

Estado islâmico massacra cristãos e paga para quem entregar pastores evangélicos 

A ascensão do Estado islâmico no Oriente Médio tem levado cada vez mais perigo para os cristãos no Iraque, na Síria ou sudeste da Turquia, onde as tropas radicais militarizadas estão impondo suas regras com a violência.

Segundo o site Protestante Digital, na fronteira entre a Síria e a Turquia, o Estado Islâmico está massacrando os cristãos e promete recompensar aqueles que lhes entregarem os missionários e pastores que atuam na área.

Um missionário que trabalha na região conta que em uma das cidades, cujo nome foi omitido por segurança “há uma bela igreja com muitos filhos, e os pastores foram várias vezes em casa e são muito queridos por todos”. Ele pede ainda para que os cristãos orem para que Deus os proteja.

Leia mais...

Livro infantil distribuído em escolas públicas chama o diabo de “amigo” e Deus de covarde

 

Um livro distribuído nas escolas públicas do Brasil para estudantes matriculados no Ensino Fundamental se tornou o centro de uma polêmica na última semana, quando uma internauta divulgou imagens de trechos dos poemas, com supostas apologias ao diabo.

“A Máquina de Brincar”, escrito pelo gaúcho Paulo Bentancur, traz uma série de contos em forma de poema, e entre eles, alguns em que o diabo é mencionado como “um bom parceiro”.

Dividido em duas partes, “Para ler no claro” e “Para ler no escuro”, o livro foi escrito, segundo o autor, com a intenção de brincar com “o lado bom e o lado mau das coisas”.

Com poemas de títulos chamativos, como “O diabo que me carregue”, onde são feitos questionamentos sobre a existência de Deus, o livro compara Deus a uma criança medrosa e chama satanás de “amigo”: “Sossega! Vão falar mal aqueles que não estão contigo. Que não foram convidados pelo diabo, meu grande amigo”, diz um dos poemas.

A internauta Janilda Prata teve acesso ao material oferecido pela escola a sua filha e publicou fotos do livro no Facebook. A indignação da mãe foi compartilhada por outros 49 mil usuários da rede social, e a repercussão chegou à imprensa, com matérias publicadas por sites como o do Jornal de Brasília e Administradores.

Leia mais...

Um deus chamado Futebol

 

 

O Brasil é conhecido como o país do futebol, mas também não é por acaso: Ele é o único país pentacampeão mundial, por oito vezes foi campeão da Copa América, Copa das Confederações quatro vezes. Tem exportado jogadores para vários países, várias seleções tem um brasileiro originalizado para poder jogar. É o Brasil de Pelé, Romário, Ronaldo, Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Neymar, etc. É verdade, o Brasil tem muito do que se gloriar quando se fala de futebol e ainda temos… 2014 a Copa no país do futebol um fato histórico. Por falar da copa do mundo aqui no Brasil é impossível não se lembrar dos protestos e das roubalheiras por conta da construção de estádios de futebol. Sem falar dos artistas e ex-jogadores de futebol que vendiam suas imagens para o governo sem ao menos se lembrarem dos pobres brasileiros que fazem do futebol ser o que ele é. Já que é ano de copa então vamos esquecer os problemas e fingir que está tudo bem! Isso se chama hipocrisia, não existe outra palavra. Enquanto o povo sofre pela falta de segurança, educação e saúde o governo promove “circo”. O país do futebol é também o país da corrupção, prostituição, falcatrua, roubalheira e da falsa espiritualidade. A história novamente se repete o governo para ganhar o povo e fazer com que os mesmos esqueçam-se dos seus problemas dá-lhe entretenimento em forma de diversão. O teatro formado o público na expectativa de um grande espetáculo: Inicia a copa do mundo, protagonistas seleção brasileira, ator principal: Neymar Jr, Galã: David Luiz, local: Brasil. Expectativa 25 bilhões de reais o maior valor gasto em copa do mundo. A festa inicia os revoltados com os gastos e oportunistas dão uma trégua, a igreja evangélica se rende em sua grande maioria ao deus chamado futebol, o governo aproveita para se auto promover. Essa é a copa de Neymar! Ele vai se machuca, nas semifinais o Brasil leva uma goleada histórica 7×1 da Alemanha. A revolta vem átona e inicia uma onda de protestos novamente em várias capitais do Brasil. E a “igreja” que estava assentada assistindo aos jogos e fazendo planos para a final: POR UM TELÃO E ASSISTIR O BRASIL SER HEXA, NÃO TER CULTO.  Infelizmente o deus deste século tem cegado o entendimento de várias pessoas até mesmo do “povo” de Deus. Uma nação chorou copiosamente por conta da derrota diante da Alemanha. Fico a perguntar se alguma vez você já viu a cena abaixo de pessoas se derramando em lagrimas pelos seus pecados? Pessoas chorando pelos seus pecados. Para que serve o sal que não tem sabor? Mt  5.13.

Leia mais...

Cristã foi morta pelo marido muçulmano por não aceitar negar a sua fé 

Na última sexta feira (04), o Ministério Portas Abertas divulgou o caso de uma cristã etíope que foi assassinada por seu próprio marido por causa de sua fé. Maria Yusuf, da cidade de Boreda, na Etiópia, foi morta por seu marido, que é muçulmano, no dia 22 de junho, após se recusar a negar sua fé.

Maria era muçulmana quando se casou, e se converteu ao cristianismo há cerca dois anos. No país, as pessoas que se convertem do islamismo são muitas vezes colocadas sob forte pressão para se retratar a sua fé. No caso de Maria, essa pressão culminou em sua morte, pelas mãos de seu próprio marido.

O Portas Abertas informou ter recebido informações de um informante no país de que Maria era constantemente espancada pelo marido, após ter se convertido ao cristianismo. Ela, inclusive, já havida denunciado essa situação à polícia.

Leia mais...

Funcionária de banco é demitida por desejar “um dia abençoado” aos clientes 

Uma funcionária de um banco da cidade de Walton, no estado norte-americano do Kentucky, foi demitida por dizer “tenha um dia abençoado” para os clientes da instituição.

Polly Neace trabalhava há mais de 20 anos no banco, e recentemente vinha recebendo advertências dos superiores, que alegavam que os clientes do banco haviam reclamado da postura dela, que era caixa.

Esse é mais um caso da intolerância religiosa contra cristãos nos Estados Unidos. O país, de origem e tradição cristã, atravessa uma fase de intensa secularização, e muitos casos semelhantes a esse vem sendo registrados.

De acordo com informações da Fox News, Polly afirmou que deseja “um dia abençoado” a todos os clientes do banco desde 2009. “Eu não acho que exista nenhum tipo de dia melhor que você possa ter senão um dia abençoado”, afirmou a ex-bancária.

Leia mais...

Cristã sudanesa que havia sido condenada à morte por ter se convertido ao Evangelho tem sentença anulada

 A sudanesa que havia sido condenada à morte por ter se convertido ao cristianismo e casado com um cristão conseguiu anular a sentença e está livre. Meriam Yahia Ibrahim Ishag, 27 anos, estava grávida na época da condenação, e deu à luz a uma menina na prisão.

A libertação aconteceu ontem, segunda-feira, 23 de junho, após um tribunal de Cartum anular a sentença de morte por apostasia. O caso foi noticiado pela imprensa estatal do Sudão e confirmado pelo advogado de defesa de Meriam.

O processo contra Meriam por apostasia (abandono da fé) do islamismo foi anulado pela Corte de Apelações e o advogado também informou que ela já estava em casa, com a família.

Filha de pai muçulmano, mas criada na fé cristã, Meriam só se tornou alvo de acusações de apostasia quando estava prestes a dar à luz ao segundo filho do casamento com Daniel Wani, que também é cristão e foi preso. O casal já tem um filho de 1 ano e 8 meses.

Leia mais...

Pastor prevê maior intolerância a cristãos e diz que pregar “Jesus como o único caminho” será visto como discurso de ódio

 Um tempo de intolerância ainda maior à mensagem do Evangelho se avizinha, de acordo com o pastor Bryan Chapell, que acredita que apontar Jesus como o “único caminho” será visto como discurso de ódio muito em breve.

O pastor presbiteriano diz que o pluralismo louvado por muitos sociólogos é mais ameaçador ao Evangelho do que as ideologias que pregam a desconstrução do gênero ou o incentivo à homossexualidade.

“Dizer que Jesus é o único caminho será interpretado como discurso de ódio”, disse Chapell, pastor sênior da Grace Presbyterian Church em Peoria, no estado norte-americano de Illinois, durante a 42ª Assembleia Geral da Igreja Presbiteriana na América (PCA na sigla em ingês), realizada em Houston, Texas.

Leia mais...

Extremistas islâmicos assassinam cristãos “de casa em casa” durante ataque a cidade do Quênia

 

 

Na última semana uma série de ataques realizados por um grupo de extremistas islâmicos da Al Shabab, da Somália, resultou na morte de 48 cristãos na cidade costeira de Mpeketoni, no Quênia. Os extremistas causaram dois dias de terror na cidade, passando de casa em casa para assassinar as pessoas que não se enquadravam em padrões definidos por eles.

Armados, os extremistas foram de porta em porta questionando se as famílias que residiam em cada casa eram muçulmanas e falavam somali. Segundo o Padom, caso a resposta não agradasse os extremistas, eles abriam fogo imediatamente contra a família.

Leia mais...

Missionário sul-coreano é condenado a pena perpétua de trabalhos forçados por evangelizar na Coréia do Norte

 Um missionário sul-coreano foi condenado à prisão perpétua em uma prisão norte-coreana para tentar organizar igrejas subterrâneas no país. Kim Jung-wook foi condenado após confessar ter cometido “atos religiosos contra a Coreia do Norte” durante o seu julgamento na última sexta-feira. Ele agora irá servir uma sentença de prisão perpétua de trabalhos forçados na prisão.

De acordo com o Christian Headlines, Kim Jung-wook foi acusado também de transportar equipamento de vigilância, em um suposto esforço para espionar a família Kim, família do chefe do único partido político da nação.

A Coreia do Sul negou qualquer associação com Kim, que pediu desculpas por seu trabalho missionário no julgamento e implorou por uma alternativa à pena de morte.

Leia mais...

Mulher condenada à pena de morte no Sudão por ser cristã dá à luz na prisão 

Nas últimas semanas os meios de comunicação do mundo inteiro se voltaram para o caso de Meriam Yahia Ibrahim Ishag, de 27 anos, que foi condenada à morte no Sudão por apostasia ao islamismo depois que se casou com um cristão e engravidou. Nessa terça feira Ishag deu à luz na prisão, segundo um diplomata ocidental, chamando ainda mais a atenção para seu caso.

- Deu à luz uma menina hoje – declarou o diplomata, que ressaltou que é “cruel se encontrar nesta situação”.

Filha de um muçulmano, a jovem foi condenada em meados de maio em virtude da lei islâmica vigente no Sudão desde 1983 e que proíbe as conversões, sob pena de morte. Porém, de acordo com a Anistia Internacional, Ishag foi criada no cristianismo ortodoxo, religião de sua mãe, visto que seu pai, que é muçulmano, não esteve presente em sua vida durante sua infância.

 

Leia mais...

Muçulmano apedreja filha grávida por ela ter escolhido se casar por amor: “Não tenho remorso” 

Uma mulher grávida foi apedrejada até a morte por sua própria família no Paquistão, na última terça-feira. O pai de Farzana Parveen, 25 anos, afirmou que o assassinato era um “crime de honra”, pois sua filha havia se casado por amor, contra a vontade de sua família.

“Eu matei a minha filha pois ela havia insultado toda a nossa família ao se casar com um homem sem o nosso consentimento, e não tenho nenhum remorso sobre isso”, disse o homem à polícia.

Farzana Parveen teria se casado com um homem chamado Mohammad Iqbal, e enquanto ela esperava em frente ao prédio do Tribunal para depor em defesa de seu marido contra a acusação de rapto feita por seu pai, sua própria família a apedrejou.

Leia mais...

Pastor Saeed Abedini é espancado em hospital e levado de volta à prisão no Irã; Líderes cristãos pedem oração

 

O pastor Saeed Abedini foi reenviado à prisão no Irã após ser agredido no hospital onde se recuperava de uma cirurgia feita para reparar os danos físicos sofridos durante as sessões de tortura a que foi submetido nos interrogatórios.

Abedini estava há dois meses no hospital e na terça-feira, 20 de maio, foi espancado e transferido de volta à prisão, segundo informações do Centro Americano de Lei e Justiça (CALJ), que tem representado o pastor na luta por sua libertação.

“Este é um desenrolar extremamente decepcionante – que quebra o meu coração. Nossa família está profundamente entristecida e continuamos a orar por Saeed, pela sua segurança e sua libertação. Estamos muito gratos que tantas pessoas ao redor do mundo continuem a orar por Saeed”, afirmou Nagmeh, a esposa do pastor.

Leia mais...

Intolerância e perseguição religiosa contra cristãos cresce na Europa, dizem pesquisadores 

O relatório de uma pesquisa realizada em 2011 sobre perseguições sofridas por cristãos na Europa mostrou que tais incidentes estão crescendo no Velho Continente.

O Observatório sobre a Intolerância Religiosa e Discriminação na Europa (ODSMA) afirmou que na Inglaterra, 74% da população entende que os cristãos são tratados com injustiça com mais frequência do que os adeptos de outras religiões. Na Escócia 95% dos atos sectários são praticados contra cristãos, enquanto apenas 2,3% são contra judeus e 2,1% contra muçulmanos.

Na França, os dados do Observatório apontam que as agressões a locais de cultos cristãos cresceram 84%. As manifestações hostis geralmente são feitas com palavrões à porta dos templos.

Leia mais...

Casal cristão é multado e ameaçado de prisão por alimentar moradores de rua 

Um casal cristão foi multado em US$ 700 e ameaçado de prisão por desenvolver um trabalho social de ajuda a moradores de rua na cidade de Daytona, na Flórida. Aposentados, Debbie e Chico Jimenez serviam refeições à moradores de rua, e foram avisados pela Polícia de que não poderiam continuar com a ação.

O casal e outros quatro voluntários serviam cachorro-quente, macarrão, frango e outros alimentos básicos para os sem-teto quando foram autuados e aconselhados a interromperem o serviço, a fim de evitar que fossem presos.

Leia mais...

Mulher grávida é condenada à morte por enforcamento no Sudão por ter se casado com cristão

 Uma mulher foi condenada à morte no Sudão por apostasia ao islamismo depois que se casou com um cristão e engravidou.

Um tribunal estadual no norte do país, que tem maioria muçulmana e é regido pela lei islâmica, sharia, condenou a gestante de oito meses à morte. Maryam Yahya Ibrahim casou-se com um cristão no país vizinho, Sudão do Sul.

A Anistia Internacional afirmou que ela havia sido criada como uma cristã ortodoxa, assim como sua mãe. No entanto, as autoridades sudanesas a consideram muçulmana, porque essa é a fé professada por seu pai, mesmo ele sendo ausente na infância de Maryam.

Leia mais...

Número de muçulmanos quase dobrou no último século, enquanto cristãos pararam de crescer, aponta estudo 

Enquanto o extremismo muçulmano cresce a cada dia mundo afora, uma pesquisa sobre religião no mundo pode despertar uma nova preocupação para os cristãos: o islamismo tem crescido a taxas mais altas do que o cristianismo.

De acordo com o site Christianity Today, o levantamento aponta que o número de cristãos estagnou, enquanto o número de adeptos ao islamismo aumenta exponencialmente.

O consultor de missões Dick Slikker, do grupo cristão Project Care, apresentou dados que mostram um comparativo entre o número de cristãos e muçulmanos entre 1900 e 2010. No período, a proporção de cristãos no planeta se manteve a mesma, enquanto os muçulmanos quase duplicaram a quantidade de fiéis.

Leia mais...

Perseguição religiosa atinge um a cada quatro cristãos no mundo, alerta líder 

Um a cada quatro cristãos do mundo é perseguido por conta de sua fé e o horizonte que se desenha é o de uma iniciativa de radicais islâmicos que pretendem eliminar os seguidores de Jesus do planeta. O alerta foi feito na última semana pela Igreja Ortodoxa Russa.

O bispo Hilarion Alfeyev, chefe do Departamento de Assuntos Eclesiásticos do Patriarcado de Moscou, revelou que “o número de países onde os cristãos são perseguidos dobrou entre 2007 e final de 2012”, e que atualmente, 25% dos convertidos ao Evangelho se sente perseguido.

“Hoje, um em cada quatro dos cristãos no mundo são discriminados em razão da religião (…) Isto não se resume a incidentes locais. É uma tendência que é registrada em várias regiões do mundo “, afirmou Alfeyev, de acordo com informações do site Ria Novosti.

Leia mais...