ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

20-Otília de Araújo

20-Ednaldo Soares

21-Karina Ribeiro (E. Satiro)

24- Pr. Jedaías Rodrigues

25-Juzirene Santiago (E. Sátiro)

ANIVERSÁRIO DA ALIANÇA: No próximo sábado, dia 25/08, a partir das 18h, teremos no templo do Betel Brasileiro, no Alto do Mateus, o culto de celebração ao Senhor pelos 51 anos de organização de nossa Denominação (Aliança das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil). Os cultos distritais já foram realizados e esse do dia 25 é a comemoração nacional. Sairá um ônibus de nossa Igreja às 17.30h para levar os irmãos para participarem dessa festividade. Leve R$ 5,00 para ajudar pagar o aluguel do ônibus.

Tamanho da letra:

A primazia é de Deus

 

 

As Sagradas Escrituras nos ensinam que Deus é soberano e que em tudo tem a primazia. Em relação aos seres humanos em geral Deus tem a primazia sobre eles por ser o seu Criador. Sobre o homem redimido Deus tem direito sobre ele como Criador e também como Redentor. O homem crente foi comprado com o preço do sangue de Cristo. “Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado” 1 Pe 1.18,19.

A verdade da primazia divina sobre tudo e todos é observada tanto no Antigo como no Novo Testamento. No antigo Testamento encontramos dois episódios que nos falam da primazia de Deus sobre o seu povo, ambos se referindo as coisas ligadas à adoração que é a prioridade maior na vida do povo escolhido. O primeiro é notado na obra realizada pelo rei Salomão. Salomão era um homem rico desde o seu nascimento devido ser filho de um rei. Quando Salomão assumiu o trono em lugar de Davi seu pai, ele começou a realizar grandes projetos arquitetônicos no seu reino – palácios, casas, fortificação de cidades, etc. Mas a primeira obra que Salomão empreendeu foi a construção de um templo para servir de lugar de adoração ao Deus de Israel. Salomão não deixou essa obra por último, nem no segundo, nem no terceiro lugar. A construção do templo do Senhor era prioridade em sua vida como servo de Deus que era. (Leia 1 Rs capítulos 5, 6, 7 e 8). Ele, Salomão, entendia que a primazia era de Deus, de sua obra.

O outro episódio que nos fala sobre a primazia de Deus é justamente a reconstrução do templo por Zorobabel, fato este relatado no livro de Esdras. Nabucodonosor, rei da Babilônia destruíra a cidade de Jerusalém inclusive o templo construído por Salomão. Após setenta anos de cativeiro chegara o tempo determinado por Deus para a reconstrução de Jerusalém. Quando Zorobabel chegou à terra de Israel a primeira coisa que começou a fazer foi reconstruir o templo do Senhor. Entendia Zorobabel que a prioridade era fazer aquela obra para que o culto ao Senhor fosse restaurado. E assim foi feito, apesar das oposições e dificuldades enfrentadas.

Considerando que tudo o que foi escrito para o nosso ensino foi escrito (Rm 15.4), não temos duvida nenhuma em afirmar que Deus quis nos dizer com os dois fatos acima que devemos em todas as coisas e circunstâncias de nossas vidas dar em tudo a primazia ao Senhor.

Assim sendo, alertamos aos irmãos que priorizem em tudo as coisas de Deus, pois temos observado que diversos dos nossos amados, no lugar de obedecer a Deus priorizando a sua obra, priorizam as coisas que lhes pertencem e relegam a obra de Deus a um plano inferior. Isso se observa com facilidade pelo descaso para com os cultos, para com a contribuição, para com a obra de evangelização, para com o engajamento nos trabalhos da Igreja, etc. Paulo alerta aos verdadeiros crentes que pensem nas coisas de Deus e que as busque em primeiro lugar. (Leia Cl 3.1,2). O Salvador deixou para a Igreja a ordem de que buscássemos em primeiro lugar o seu Reino e a sua justiça (Mt 6.33). Observemos, portanto, a Palavra de Deus e nos sujeitemos a sua vontade, dando a Deus a primazia que lhe é devida. 

Pr. Eudes Lopes Cavalcanti