ANIVERSARIANTES DA SEMANA   

09-José Afonso (E. Sátiro)

10-Neusa de Moura

12-Edvando Bonifácio (Dc. R. do Sol)

14-Mª Teodória

15-Mª Eliane

Reuniões administrativas final de ano

13/12 – Reunião do Conselho Eclesiástico;

21/12 – Confecção Calendário 2019;

23/12 (M) - Assembleia da Igreja (homologação diretorias, recepção membros e separação para o oficialato )  

 

JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO: o nosso jantar de confraternização será no dia 31/12, logo após o culto de final de ano. O culto será no horário das 21 às 23h, seguindo-se o jantar, que será no estilo americano. O Pb. Evandro José será o coordenador desse evento.

Tamanho da letra:

Cristianismo em Ação (Gratidão)

 

A ingratidão é algo que desagrada tanto aos homens como a Deus. Qualquer pessoa que faz um favor a alguém por menor que seja, espera receber da mesma, pelo menos um muito obrigado. É claro que ninguém deve fazer o bem esperando receber algo em troca, mas, também é verdade que se constitui uma atitude muito repulsiva alguém ser beneficiado e nem sequer reconhecer o bem recebido ou deixar de externar um sentimento de gratidão. Em Lc 17: 11-19 lemos sobre os 10 leprosos que foram curados por Jesus.  E neste texto há uma atitude de Jesus que nos chama muito a atenção, a saber, a falta de gratidão de nove leprosos dos dez que foram curados. De todos eles apenas um voltou para agradecer a cura recebida da parte de Jesus. Neste artigo não temos tempo para examinar todas as lições possíveis do texto. Mas, queremos destacar a censura de Jesus para com a falta de gratidão dessas pessoas que acabaram de serem beneficiadas. Pessoas essas que antes eram excluídas dos privilégios sociais e religiosos de Israel. É verdade que Jesus não os puniu, retraindo a bênção concedida ou aplicando outro tipo de penalidade. Todavia, até mesmo Jesus (Deus encarnado) “lançou em rosto” a ingratidão deles. O que prova que a ingratidão de fato, desagrada não somente aos homens, mas, também a Deus. Meus irmãos, a Bíblia diz que é melhor dar que receber. Porém, se alguém está na posição de receber ao invés de dar, que possa pelo menos ter a gentil e coerente atitude de agradecer. Fazendo assim, estaremos agradando tanto a Deus como também as pessoas que Deus usa para nos abençoar. E atraindo sobre nós outros favores da parte de ambos, pois, o único ex-leproso que voltou para agradecer, recebeu a bênção dobrada que foi a cura do corpo junto com a cura da alma. Quem deixa de agradecer, só recebe a bênção uma única vez e ainda fica lembrado com a marca da ingratidão.

          Quantas pessoas deixam de ser beneficiadas muitas vezes pela simples falta de um pequeno gesto de agradecimento? Infelizmente, há até mesmo cristãos que recebem o bem e pagam este bem com o mau. Pois, ao invés de agradecer um favor recebido muitas vezes reclama do favor obtido! Aprendamos com o ex-leproso samaritano que ser agradecido é o melhor caminho para atrairmos bênçãos sobre bênçãos em nossas vidas.

Inclusive, finalizo este artigo externando publicamente minha gratidão para com a III Igreja Evangélica Congregacional de João pessoa, que desde 2009, através de seus pastores e membros, tem me acolhido de forma muito fraternal e sido um canal de bênçãos em minha vida com muitos favores e incentivos.

           Bel. Teol. Samuel Santos